sábado, 30 de janeiro de 2010

polícia do ceará...

O Governo Brasileiro instalou um sistema de medição e controle de abalos sísmicos no país. O Centro Sísmico Nacional, poucos dias após entrar em funcionamento, já detectou que haveria um grande terremoto no Nordeste.

Assim, enviou um telegrama à delegacia de polícia de Icó, no Ceará, com a seguinte mensagem:



"Urgente.Possível movimento sísmico na zona.Muito perigoso. 7 na escala Richter.Epicentro a 3km da cidade.Tomem medidas e informem resultados."



Somente uma semana depois, o Centro Sísmico recebeu um telegrama que dizia:

"Aqui é da Polícia de Icó.

Movimento sísmico totalmente desarticulado.

Richter tentou fugir, mas foi abatido a tiros.

Desativamos as zonas.

Todas as putas estão presas.

Epicentro, Epifânio, Epicleison e os outros cinco irmãos estão detidos.

Não respondemos antes porque teve um terremoto da porra aqui !!!"

polícia militar!

E, naquele dia ensolarado, ia ser realizado o teste definitivo pra dizer qual seria a melhor Polícia do Planeta.
Os finalistas eram: FBI, a Scotland Yard e a PM de São Paulo. O teste consistiria no seguinte: Um coelho seria solto na floresta, cada Polícia usando seus melhores métodos e pessoal, teria que achá-lo e trazê-lo de volta.
Quem fizesse isso no menor espaço de tempo, seria o vencedor.
Soltaram o coelho e, por sorteio, o FBI foi designado pratentar primeiro.
Usando fotos de satélite, análise de DNA dos pêlos encontrados, um cerco gigantesco à floresta, com dezenas de helicópteros e centenas de homens, o coelho foi capturado em 3 horas e 14 minutos.
Soltaram o coelho novamente, e lá foi a Scotland Yardna sua vez. Usando analistas de comportamento, psicólogos, estudiosos da psique coelhista mais um batalhão anti-bombas terroristas com óculos de visão noturna, montaram uma armadilha com uma coelha usando passaporte irlandês falso e uma cenoura com sonífero.
Capturaram o coelho em 1 hora e 30 minutos, o que arrancou reações de espanto na comissão julgadora.
Mais uma vez soltaram o coelho, e a nossa valorosa PM foi mostrar serviço. Saíram numa Veraneio 74, com os paralamas cheios de durepox, 4 pneus carecas e um pedaço de fio amarrado na tampa traseira (o fecho datampa caiu em 1982), com 8 policiais com mais de meio corpo pra fora das janelas da perua, batendo nas portas com revólveres 38 em punho, e em alta velocidade adentraram a floresta.
Retornaram em 20 minutos depois, deixando atônitos os juízes, o FBI e a Scotland Yard:
Eles abriram a tampa do camburão, e lá dentro estava um porco-espinho cheio de hematomas, encolhido, que gritava:
- TÁ BOM! TÁ BOM! EU SOU UM COELHO! EU SOU UM COELHO!!!

domingo, 24 de janeiro de 2010

PRIMEIRO MATAM, DEPOIS BUSCAM APOIO COM OS SUPERIORES... ESSA É A POLÍCIA DO GOVERNO PEÉSSEDEBÊSTA!

Sr. governador:

Essa é a polícia que o Estado de São Paulo e os paulistas de modo geral tem que se orgulhar? pois eu tenho vergonha. E medo.

Sandra Paulino





ESTÁ ACONTECENDO EM ALGUM BATALHÃO DO ESTADO DE SP.
Na noite de sexta, por volta das 22 horas, compareceu ao primeiro distrito policial de santo andré uma patrulha de polícia militar para informar dados preliminares de duas pessoas baleadas pela rua Queirós dos Santos, região central.

Imediatamente a Autoridade Policial tomou as cautelas de praxe, designando para o local o concurso da perícia técnica, bem como do setor de homicídios desta seccional.
Os investigadores da homicídios descobriram, então, que uma das vítimas, do sexo masculino, já entrara em óbito, enquanto a outra, do sexo feminino, estaria ferida com um tiro no abdômen e em coma induzido.
Causou estranheza a sobreditos servidores o grande número de oficiais da polícia militar presentes no hospital, o que só é comum quando o fato envolve diretamente policiais militares.
Assim, os agentes foram até a delegacia e deram ciência do ocorrido à Delegada de plantão. Já por volta das três horas da madrugada aportou na repartição uma guarnição miliciana, informando a ocorrência e dizendo, apenas, que uma testemunha teria visto um policial fardado correndo atrás de um dos baleados. A outra vítima, ao que parece, seria apenas uma pedestre que aguardava o ônibus em um dos pontos da via.
Posto isto, como os policiais condutores alegaram desconhecer o possível autor dos disparos, registrou-se o Boletim de Ocorrência para maiores apurações dos fatos. Já pela manhã, em uma reunião entre os delegados que saiam e entravam, teve-se a idéia de procurar a guarda municipal para verificar a existência de monitoramento do local.
Para nossa surpresa, a região em questão é filmada e as imagens são mais que comprometedoras. Mostram uma viatura da PM colocando três indivíduos em trajes civis dentro de uma viatura oficial. E pasmem, ao que parece, um deles, que possivelmente tratava-se de policial militar de folga, tomou assento na direção do veículo oficial.
Para terminar o espetáculo de horrores, ao sairem com o carro fica explicito o corpo da moça jogado ao solo, sem qualquer tipo de socorro.
Ainda pela manhã, em diligências pela cidade, os investigadores da homicidios encontraram outros pms da área e, fingindo estarem completamente inteirados do assunto, lançaram a seguinte indagação: “Puxa, que chato o que os colegas de vocês fizeram, isso vai dar problema”.Ao que o policial militar respondeu: “Pois é, os policiais estão no Plantão de Policia Judiciária Militar (PPJM) até agora.”
Com mais essa informação a chefia da homicidios entrou em contato com a corregedoria da PM e descobriu que realmente os policias estavam lá. Só que até agora nenhum deles foi apresentado à Autoridade Policial para as providências cabíveis. A versão permanece de disparos desconhecidos
Ora, é cediço que crime praticado por militar contra civil é de competência da justiça comum. Em hipótese alguma os procedimentos poderiam estar sendo levados a termo nos porões do quartel, ao arrepio das instituições que sustentam o Estado Democrático de Direito.
E vamos piorar de vez a situação: Pasmem, ontem compareceu à Delegacia um oficial da policia militar solicitando exame residuográfico para alguns policiais presos no batalhão. Quando dito que seria necessário qualificá-los em um BO para expedirem as requisições ele se foi.
Até a manhã desse domingo eles continuam “fechados em copas” e, por conta deles, a polícia civil, titular legal das investigações, foi retirada do caso
Por que os fatos não foram apresentados na delegacia de policia da área???? Em que se embasa a atitude militar de fechar as portas de suas casernas e ali, como senhores de tudo, resolverem a sua maneira problemas que afetam todo o tecido social???? Como uma instituição que traz o mister constitucional de defesa da ordem pública pode se furtar ao respeito pelas instituições legalmente postas????
São eles que buscam junto ao Planalto o ciclo completo de policia, capaz de lhes outorgar poderes investigatórios sem qualquer crivo auditor, permitindo abusos que jamais conheceremos, posto que realizados no interior de suas pseudo fortalezas????
A farda modela o corpo e atrofia a mente….

Os que servem ...

e os que "SE SERVEM".

Clique no título e veja o filme.

Eu fico com os que servem, pq servir, ainda é a honra que nos compete.

Sandra Paulino

MORRE ADOLESCENTE BALEADO NA CABEÇA POR PM

De novo?

Será que alguém poderia fazer uma estatística, ainda que superficial, das pessoas, independente de qualquer outro dado, mortas por policiais militares?

A utilidade desse levantamente é claríssima: INDEPENDE DE IDADE, SEXO, CLASSE SOCIAL, ECONÔMICA, GRAU DE INSTRUÇÃO OU O FATOR QUE SE QUEIRA APONTAR, A PM MATA.


publicado em 24/01/2010 às 12h30:

Adolescente baleado em casa noturna em Ribeirão Preto será enterrado nesta tarde
Morte cerebral do garoto foi decretada na noite de sábado; suspeito de atirar está preso
Do R7
Texto:


Foto por J. F. Pimenta/A Cidade/AE
Soldado suspeito de atirar (no centro) é levado por outros policiais à delegaciaO adolescente que foi baleado na madrugada de sábado (23) em uma casa noturna em Ribeirão Preto, a 313 km de São Paulo, será enterrado às 17h deste domingo (24) no cemitério da Saudade. A morte cerebral do garoto foi decretada pela Santa Casa de Ribeirão às 19h20 de sábado.
O suspeito de ter atirado no adolescente está preso. Ele é policial militar e trabalhava como segurança na boate, que fica no bairro Campos Elíseos.
Segundo a polícia, teria ocorrido uma briga de moradores de dois bairros no interior da casa noturna e vários frequentadores foram retirados do local por seguranças. Mas eles tentaram voltar. Para tentar impedir a entrada, o segurança teria disparado dois tiros, um para o ar e o que acertou a cabeça do adolescente.
Confira também
Policial suspeito de matar adolescente é preso
A mãe do rapaz disse a uma emissora de rádio que o filho já foi ao local pelo menos quatro vezes e que ele não teve participação na briga.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Deputado Dutra não acompanhará o presidente Lula em visita ao Maranhão



O Deputado Domingos Dutra (PT-MA) enviou carta ao Presidente Lula, que visitaria São Luís (MA). O Deputado Dutra foi convidado pela comitiva presidencial para acompanhar o Presidente em sua estada, mas declinou o convite. Veja por quê, logo abaixo e avalie se sou PTista, PSDBÊSTA, PFLista ou seja lá o que for... Acredito em VALORES MORAIS, mas isso é outra conversa e também anda muito fora de moda.
SP

Brasília, 09 de dezembro de 2009,

Companheiro Presidente Luis Inácio da Silva Lula

Declino, com tristeza e pesar, o convite para integrar a comitiva presidencial que estará neste dia 10 em São Luís do Maranhão. Assim como milhares de petistas, lutei e sonhei com o momento em que o teria entre nós como o Presidente do Brasil para anunciar boas novas que diminuirão a pobreza e a escravidão do nosso povo.

V. Exª é testemunha e deve se lembrar do sofrimento que passamos no processo de construção do PT e de sua própria liderança, quando enfrentamos os filhos da ditadura, os vampiros do nosso povo, os devoradores dos sonhos de nossa gente, representados pelo grupo político comandado pelo Senador José Sarney.V.Exª ainda deve se lembrar dos atos públicos que fizemos na Praça Deodoro, denunciando as barbaridades da oligarquia; das caminhadas avermelhadas pela rua Grande, arrastando multidões gritando "Fora Sarney"; da emocionante subida da ladeira do Jacaré para verificar a olho nu o abandono do município de Alcântara; da Caravana da Cidadania que, saindo de Caxias, espalhou esperanças entre os quilombolas de Codó; as quebradeiras de coco de São José dos Mouras, em Lima Campos; perante as viúvas de lavradores vítimas do latifúndio, aliado e sustentado pelo grupo dominante; do ato público realizado na empoeirada cidade de Buriticupu; do espanto nas usinas de ferro gusa de Açailândia, causado pela queima desmedida e sem controle de madeira nativa; e do grandioso encerramento da caravana em Imperatriz, com discurso radicais de condenação à pobreza do povo maranhense.

V. Exª deve se recordar da última vez que esteve em São Luís, há exatos 11 anos, para participar, em 1998, do comício em apoio à minha candidatura a Governador do Maranhão quando, embora sem qualquer estrutura, me submeti ao delicioso sacrifício de apoio à sua candidatura a Presidente da República enfrentando o rolo compressor da campanha de Fernando Henrique Cardoso, que foi apoiado por dois mandatos pela mesma turma que hoje lambe os seus pés para se aproveitar de seu governo e de sua popularidade.

Não posso esconder a decepção de não poder compartilhar deste momento em que V. Exª retorna à minha terra, agora como Presidente da República que ajudamos a eleger e que realiza um governo exitoso.Estou triste, porém a minha consciência não me permite estar no mesmo palanque de um grupo político que há mais de quarenta anos explora, maltrata e debocha do nosso povo.

Não posso confundir a minha imagem com a sombra dessa gente que cassa um governador eleito; cassa um juiz que atendeu aos reclamos da população carente; cassa um prefeito do PT e que implanta o terror no Estado.

Não posso confundir a minha identidade com um grupo cujo líder é objeto de escárnio da cidadania brasileira pelas revelações recentes de uma ínfima parte dos crimes praticadas contra o erário público.

Não posso me curvar ao oportunismo de aproveitar a sua popularidade e a multidão que lhe aguarda, para trocar beijinhos e apertos de mãos com uma governadora de quatro votos, que de forma covarde e indevida se intrometeu na eleição interna do PT pressionando, coagindo e ameaçando nossos prefeitos e lideranças petistas e de partidos aliados.

Posso imaginar o sofrimento de V. Exª diante das pressões espúrias e das chantagens rotineiras por cargos, verbas e outras rações que alimentam verdadeiras quadrilhas organizadas e tenho certeza de que V. Exª não esqueceu o desrespeito do Senador José Sarney durante a eleição para Presidência do Senado; a humilhação imposta pelo Senador Sarney à Senadora Ideli Salvatti (PT-SC), derrotada na Comissão de Infra Estrutura para ressuscitar Collor de Melo; na manobra do Senador José Sarney que ficou em casa para facilitar que o Senador Marconi Perillo (PSDB-GO) instalasse a CPI da Petrobrás para usá-la como arma contra o governo; o presente que o Senador Jose Sarney deu à Senadora Kátia Abreu (Demo), inimiga do governo, para relatar a Medida Provisória n. 458 que regularizou mais de 60 milhões de terras na Amazônia.Tenho consciência de suas enormes responsabilidades ao governar um país complexo e ainda dominado por tanto picaretas, muitos deles arranchados nas estruturas de poder e, em especial, no Congresso Nacional.

Sei que tens que engolir sapo para poder governar. Compreendo que V.Exª, por dever de oficio, tem de manter relações e até amizades com os inimigos de ontem, os aproveitadores de hoje e adversários de amanhã, em prejuízo de seus companheiros de ontem, de hoje e de sempre.Porém a vida não pára. O mundo muitas voltas dá. Amanhã será outro dia, e com certeza nos encontremos no Maranhão ou em outros cantos do Brasil, em companhia de gente menos catingosa.

Boa sorte em seu esperado retorno a São Luís.

Justiça se faz na luta.

DEP. FED. DOMINGOS DUTRA

sábado, 9 de janeiro de 2010

CRITÉRIOS DE PROMOÇÃO DE MAGISTRADOS

Cidadãos têm até dia 22 para opinar sobre critérios de promoção de magistrados
Tanioa Alencar - Quarta, 06 de Janeiro de 2010

Os interessados em opinar sobre os critérios para a promoção por merecimento de magistrados no Brasil têm até o próximo dia 22 para enviar suas propostas ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). As críticas e sugestões à proposta de resolução sobre o tema apresentada pelo conselheiro do CNJ, ministro Ives Gandra, podem ser enviadas para o endereço: criterios.promocao@cnj.jus.br

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. O texto, que está disponível para consulta pública no site do CNJ (www.cnj.jus.br), define critérios objetivos para a aferição do merecimento para promoção de magistrados e acesso aos tribunais de 2º grau. O objetivo é padronizar os critérios de promoção em todo o país. Clique aqui para acessar a consulta pública.A decisão de submeter a proposta de resolução à consulta pública foi aprovada por unanimidade na última sessão plenária do CNJ, realizada em 15 de dezembro. O texto aprimora a Resolução nº 6, de setembro de 2005, especificando os critérios objetivos que deverão ser observados para avaliar a qualidade da prestação jurisdicional do magistrado, a produtividade, a presteza no exercício das funções, o aperfeiçoamento técnico e as condutas pública e privada. De acordo com a resolução, as promoções serão realizadas em sessão pública, com votação nominal, aberta e fundamentada.A promoção de magistrados por merecimento e o acesso aos tribunais de 2º grau pressupõem dois anos de exercício na respectiva entrância ou no cargo. Além disso, o juiz deve integrar a primeira quinta parte da lista de antiguidade aprovada pelo tribunal. Todas as sugestões encaminhadas ao CNJ até o dia 22, em relação à proposta de resolução, serão avaliadas e incorporadas ao texto na medida do possível. A proposta final deverá ainda passar pela aprovação do Plenário do CNJ e, depois de publicada a resolução, os tribunais brasileiros terão 180 dias para se adequarem às novas regras.A proposta – O texto submetido à consulta pública foi discutido e aprovado pela comissão de Eficiência Operacional e Gestão de Pessoas do CNJ, integrada também pelos conselheiros José Adônis Callou de Araújo Sá e Jefferson Kravchychyn. Para elaborar a proposta, o ministro Ives Gandra tomou como base os principais critérios e formas de mensuração encontrados nas resoluções editadas pelos diversos tribunais brasileiros e que chegaram à Comissão de Eficiência Operacional e Gestão de Pessoas, após solicitação.Além disso, o ministro também se baseou na experiência de outros países colhidas em Sydney, na Austrália, durante a 4ª Conferência Internacional sobre Formação Judicial, realizada em outubro de 2009 e da qual participou. Na ocasião, Ives Gandra apresentou um estudo sobre o tema que demonstra a disparidade de critérios e de formas de mensuração dos quesitos avaliados na promoção por merecimento dos juízes no Brasil. O relatório evidencia a necessidade de padronização da matéria no país, sem, no entanto, engessar a avaliação impedindo a adaptação a peculiaridades regionais. MB/MMAgência CNJ de Notícias

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

A POLÍCIA MILITAR QUE MENTE, MANIPULA... E MATA!

"... o acidente deverá ter características de crime comum, praticado por adolescente ..."




Ao me encontrarem viva, alguns ainda se surpreendem. Por quê? será porque já se tornou muito "comum" um cidadão viver com medo e não ter direito de falar, reclamar, requerer providências às autoridades, denunciar os abusos e até crimes de que tenha notícia e continuar vivo?




As retaliações fazem parte. Aliás, elas são um capítulo à parte. Viva ou não eu terei direito à verdade, porque elas, as retaliações, já atingem minha família há mais de dez anos.




E o Estado não tem feito quase nada. À exceção de alguns de seus agentes que timidamente iniciaram algumas apurações mas depois viram o tamanho do câncer e saíram apressados da sala de cirurgia mandando "fechar" o abdomen purulento... absolutamente nada foi feito.




Permanecem abertas as chagas da virulência dos ataques de vários membros do Ministério Público, mentirosos e aproveitadores, oportunistas, que abriram dezenas de processos de finalidade intimidativa e mancharam nomes de inocentes.




Ainda é possível sentir o fedor que exala da boca do Judiciário em algumas paragens da Grande São Paulo, ocultando crimes cometidos por agentes do Estado e até um cemitério clandestino... E daí? pobre tem que levar chumbo mesmo!




É a mesma coisa sempre: me lembro de quando Luiza Erundina denunciou Perus... ainda bem que ninguém falou em incidente de insanidade mental contra ela...




Bem, já que não se consegue, nem com retaliações graves (acidente de carro que quase mata o marido e expulsão da filha da escola) fazer calar a maldita voz, mostra-se então a forma de prejudicar negócios que são a base do patrimônio familiar. Clientes tem os ouvidos envenenados, ou são cooptados e se voltam contra a advogada.



A competência só incomoda o incompetente. Assim como a verdade só incomoda o mentiroso...




A cara da inveja é tão feia, que teve de ser escondida na máscara de advogado porta-de-cadeia, delinquente e assumido como ladrão, para poder tentar manobras saqueadoras de patrimônio particular.




Só que... o sujeito, mesmo ajudado pelos luminares do MP local, é tão burro, mas tão burro, que acabou envolvendo até desembargador que queria por no bolso sua parte da propina recebida de uma certa "firma" para construção de "shopping" em bairro chique da região conhecida como cinturão-verde, que ENGLOBAVA O PATRIMÔNIO DA ADVOGADA.




É preciso falar que o Ministério Público tem dívidas impagáveis por não ter defendido bens públicos nessa mesma região do tal cinturão-verde, somente porque tinha no meio do caminho uma amizade muito "sólida" com administradoras de falsos condomínios.



Agora, sob nova direção, a instituição já mandou os promotores agirem com RIGOR contra esse estado de coisas. Pudera! o STJ mudou a orientação de jurisprudência e agora "parece" que a vida vai voltar ao normal: quem comprou lotes normais, continua tendo um imóvel normal também, sem obrigação de pagar "taxas condominiais".




Só falta tirarem do caminho dos cidadãos as ridículas cancelas, lombadas e as irritantes guaritas de "pirrius" que não servem para nada, exceto aos ex-PMs, chefes de milícias do mais conhecido estilo pé-de-pato ou justiceiro, que se sustentam dessa roda-viva asquerosa


Teve um cidadão muito ingênuo, que resolveu reclamar através de vias bem simples, pedindo providências ao MP e foi alvo de comentários nocivos e até preconceituosos, só porque tem sobrenome sem pompa... No final, o mesmo promotor que não respeitou o SILVA, teve de engolir um nome mais conhecido, de um certo SENADOR que canta e dança rap e, oxalá! ainda será governador desse Estado.



E o promotor "teve que instaurar na marra": inquérito civil e depois ação civil pública. Fez tudo de tal forma mal-feito que acabou mostrando que não queria mesmo fazer e daí foi suspenso com direito a publicação na imprensa oficial em 2 de julho de 2009.



PROCESSO REGULAR. Tem PM que ficou revoltado: coitado do doutor, não merecia. Só que esse tipo de PM é calhorda mesmo, bajulador e antiético, ajuda até a bater em prostituta que não quiser atender o pobre promotor. Dizem as más línguas que esse mesmo promotor já foi daquela cidade que tem manicômio (Franco da Rocha???) e lá teve muitos problemas com as meninas, as "primas".




Falando em tipo de PM ou ex-PM, tem aquele que sabe perseguir, matar e ocultar o presunto! como fizeram alguns seguranças do bairro que fica na altura do km 20 da Raposo Tavares. Mataram o rapaz que tinha passagem por uso de maconha e depois abandonaram o corpo num lixão, todo perfurado de tiros e enrolado em arame farpado. Isso tudo os grandes calhordas fizeram depois de prenderem, ameaçarem, torturarem e baterem. Oh, que meigo... estavam fardados, armados e jogaram a vitima no chiqueirinho da viatura, carro oficial.



Foram demitidos também em PROCESSO REGULAR e agora são seguranças!
E o processo nº: 108.01.2000.003924-7 se arrasta feito uma lesma... será por quê o defensor dos pm foi pm? que tipo de ajuda a loja dele dá?



Tem outro tipo que às vezes dá só um recadinho e faz acordo com os charlies para "não dar nada" como de fato, não dá mesmo (o inquérito foi arquivado):








Também pode mandar alguém dar "gatorade" para algum civil incômodo que depois de ser preso envolvido com PM em ocorrência de caça-níqueis, começa a reclamar e ameaçar "abrir a boca". Pode ainda cinicamente, depois de prender quem o afronta em sua super-autoridade, acionar a vítima do arbítrio na justiça civil e criminal.
Se der a sorte de ser lotado na região da Grande SP perto do tal cinturão-verde, o PM pode encontrar algum membro da magistratura envolvido com as máfias de SUPERFATURAMENTO DE INDENIZAÇÕES POR DESAPROPRIAÇÕES FICTÍCIAS OCORRIDAS NA CONSTRUÇÃO/AMPLIAÇÃO DO RODOANEL e aí... bem, aí a coisa fica ainda mais complicada.
Para quem foi presa em pleno exercício profissional e fez denúncia sobre o envolvimento de magistrada na máfia de pagamentos astronômicos com dinheiro público aos esquemas que envolvem juízes, promotores, advogados, delegados de polícia e também, claro, POLICIAIS MILITARES.
Para ficar tudo "em casa", essa gente consegue um desmatador que é literalmente pau-pra-toda-obra e ele faz o "serviço" que não era "só um recado".
Como o negócio deu errado, aparece um delegado que simplesmente diz que foi DISPARO DE ARMA DE FOGO e fica tudo por isso mesmo. Mas ele dá a dica para o desmatador continuar tentando até conseguir.
Um dia, depois de dois meses, ele descaradamente, chega na vítima dos abusos e diz que NÃO VAI REGISTRAR NENHUMA OCORRÊNCIA QUE ENVOLVA O DESMATADOR, ou seja: a institucionalização da RESSALVA SE FOR AMIGO DO REI! Claro, para esses, não tem lei, não tem nada, tem só a mão estendida do agente do Estado, que faz o que bem entender.
A Corregedoria, embora formalmente acionada, NÃO FAZ ABSOLUTAMENTE NADA. PELA TERCEIRA VEZ. Tudo o que for ligado a esse delegado que comprou casa chique no bairro chique logo depois de se mudar da delegacia central onde não há movimentações há mais de dez anos, NÃO É INVESTIGADO.
Dá a impressão de que ele tem amigos dentro e fora da polícia. Ele já tentou várias vezes, enquadrar a advogada que é incômoda e segundo ele e seus cupinchas "briga com todo mundo"... mas, de verdade, ele odeia a mulher desde quando ela meteu na cadeia o sujeito que era simples ganso e matou um policial de bem, mas isso faz tempo, uns doze, treze anos.
É. Mas a raiva só aumenta, principalmente porque ninguém consegue derrubar a tal. Durante as isntalações de obstáculos ao direito de ir e vir, esse delegado junto com um promotor de justiça, conseguiu isntaurar dezenas de outros inquéritos, tudo de molde a derrubar a talzinha. Deu sempre tudo errado, mas recentemente, erraram de um jeito que não vai ter jeito! ahahahahah, muito legal!
Em uma daquelas retaliações, sempre envolvendo o pau-pra-toda-obra, resolveram dar um corretivo legal: sepultaram o inquérito e provas de que uma criança estava ao volante de veículo pesado (trator), e ainda ajuizaram ação que conta hoje com uns vinte e cinco volumes, contra a advogada incômoda, tudo para calar a boca da talzinha.
Fizeram uma coisa meio "nas coxa" como dizem os PM que adoram "coxinha" e por isso enxergam "coxa" em todo lugar. Mandaram para o Juizado Especial pensando que ia ser a maior tranquilidade, logo conseguirem uma condenação contra a advogada, como fizeram os PM que batem e arrebentam e também conseguiram, não só a condenação dela ao pagamento de altas somas de indenização mas até mesmo a OAB encerrar processo aberto para apurar abusos.
Só que para os promotores de errado: o caso acabou sendo redistribuído e tá lá, no cinturão-verde. O caso dos PM ainda promete: é que a advogada da advogada, pediu suspeição de um juiz lá do cinturão verde e o sujeito fez uma meleca, mas uma meleca de dar dó: mentiu contra uma advogada que tem PROVAS da mentira que ele contou: ou seja, ficou claríssimo que ele QUERIA A TODO CUSTO, CONDENAR A OUTRA ADVOGADA, A INCÔMODA. E agora? Os PM GARANTEM que os podres poderes exercidos entre "irmãos" vão resolver tudo.
Eu ainda acho que não. Só se eles conseguirem outra besta-quadrada na função de PM que aceita participar de empreitadas como essa...
E aos leitores comuns, nossas desculpas... vcs devem estar comentando "que texto enrolado!"




Pois é... e vai enrolar ainda mais quando ficar bem restrito e particularizado, só falando agora dessa Polícia Militar que eu conheço e muito bem: aquela que MENTE, MANIPULA E MATA!




É pena que quando isso começou, não apareceu gente capaz, homem ou mulher para coibir enquanto era pequeno... agora... bem agora já se espraia em outras "especializações" como caça-níqueis, propina de renda de prostituição, enfim, todos nós sabemos o que a PM faz, como faz, quem faz, quando e como faz.




Só falta ter alguém de bastante vergonha na cara, que queira ouvir quem quer falar e tomar as providências.




O problema é que quando alguém quer falar, de duas uma: ou colocam a pessoa numa redoma de insanidade (e aí a credibilidade vai pro ralo) ou então aparece algum asno fantasiado de juiz, que simplesmente confunde providências simples como cobrir com sigilo (legal e necessário) a oitiva da pessoa, dizendo que réu não tem direito a sigilo. Quem quer ouvir réu sob sigilo? será que ele é mesmo burro ou só se finge de? De qualquer forma, tem outros caminhos legais.




O que falta, não são meios para coibir abusos, mas a CORAGEM necessária para dizer alto e bom som que TROPA SEM COMANDO É BANDO. E quem tem comando, mas não autoridade, porque tem promiscuidade com o que não presta, não vai mesmo fazer nada, a não ser espalhar as ordens entre os recolhas... que lixo, hein? e vai o "recolha" de puteiro, de caça-níquel, de extorsão de ladrão, de... sei lá o que mais!




Ainda bem que alguma coisinha mudou, nos últimos 10/15 anos, porque a lei que poucos sabem, foi idealizada pelo Dep Fed Hélio Bicudo (Lei 9.299/96 - que transferiu os crimes de homicídio contra civis para a Justiça comum), tem surtido algum efeito melhor do que deixar completamente o poder nas mãos de quem está sujo de sangue, para julgar os desvios dos outros.




Como se pode admitir sem hipocrisia, um juiz julgar acusação de concussão (exigência de propina) se ele próprio está com as mãos sujas de sangue e ainda tudo se arma para que pareça um "assalto"?




Que ESTADO é esse?




Tem razão o presidente nacional da OAB, César Brito, ao brigar para que seja aprovada a Comissão da Verdade. Só que ela precisa ser aberta para receber os crimes de todas as ditaduras: tanto a militar quanto a civil, porque em plena era da democracia, o que mais se faz é sufocar a verdade e as autoridades que assim agem, são CIVIS.




Por exemplo, não é possível avançarmos em termos de direitos e garantias individuais, PREVISTAS NA CONSTITUIÇÃO, quando a própria ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL (Secção Paulista), EM SESSÃO ESPECIAL, SIMPLESMENTE SUSPENDE PREVENTIVAMENTE UMA ADVOGADA INCÔMODA QUE BRIGOU COM MILITARES DURANTE EXERCÍCIO PROFISSIONAL.




Pior: não é possível SEQUER CONFIAR NA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, quando além de realizar uma "sessão especial" (na verdade foi secreta e nem se sabe onde foi de fato realizada), agride o próprio Estatuto da Instituição quando:




- NÃO INTIMA A INTERESSADA,




- NÃO PERMITE SUA OITIVA PRÉVIA NA FORMA ESTATUTÁRIA,




- NÃO LHE DÁ O DIREITO DE DEFESA,




- NÃO RESPEITA O CONTRADITÓRIO,




- NÃO OBEDECE O DEVIDO PROCESSO LEGAL,




E AINDA PUBLICA ESSE ROL DE ATOS TERRORISTAS E MENTIRAS NO DIÁRIO OFICIAL COMO SE TIVESSE CUMPRIDO TUDO DIREITINHO.




DE FATO, É MUITO PREOCUPANTE QUANDO A PRÓPRIA OAB SE METE, POR SEUS REPRESENTANTES, EM CONDUTAS CRIMINOSAS E PARA ATINGIR OS FINS, "TÁ NEM AÍ" COM OS MEIOS, ENTRE OUTROS:




- NÃO RESPEITA A PRÓPRIA FICHA DE CADASTRO E MANDA INTIMAÇÕES PARA OUTROS ENDEREÇOS QUE NUNCA FORAM INDICADOS PELA INTERESSADA!




- NÃO SE PEJA DE COOPTAR ATÉ ZELADOR DE PRÉDIO PARA MENTIR, DIZENDO QUE ENTREGOU CORRESPONDÊNCIA... (o que será que ganhou o zelador de um certo prédio na rua Senador Feijó?)




- NÃO SE ENVERGONHA DE TER ENTRE SEUS PARES, PRESIDENTE DE TURMA QUE MENTE E VIOLA O PROCESSO, MANIPULANDO E ATÉ ESCOLHENDO QUEM PODE E QUEM NÃO PODE SER OUVIDO.




- NÃO TOMA PROVIDÊNCIA CONTRA A MANIPULAÇÃO NEM MESMO QUANDO RECEBE EXCEÇÃO DE SUSPEIÇÃO E COMETE A GAFE DE BRIGAR E BATER-BOCA POR E-MAIL COM UM PROCURADOR DE JUSTIÇA QUE QUERIA SER OUVIDO EM PROCESSO E FOI IMPEDIDO! (será um prazer ser chamada judicialmente a depor, ou ser citada criminalmente para apresentar exceção da verdade),




- NÃO SE ABSTÉM DE OUTORGAR PODER PARA PESSOAS ESTRANHAS À INSTITUIÇÃO -- e que constam da famigerada listinha dos agressores de prerrogativas -- COMO A PROMOTORA DE JUSTIÇA QUE ESTÁ DESDE MARÇO NA "NASA"...




- NÃO SELECIONA OS MEMBROS DE COMISSÕES QUE DEVERIAM DEFENDER OS ADVOGADOS E AO CONTRÁRIO, FORMAM QUADRILHAS PARA COMETIMENTO DE CRIMES CONTRA OS ADVOGADOS, JUNTO COM MAUS AGENTES DO ESTADO (vale a mesma observação sobre citação para processo-crime).




Enfim, pensando bem, tudo está coerente, porque um presidente de seccional das mais importantes, sabedor de que um de seus mais diretos colaboradores MANDA MENSAGEM ELETRÔNICA POR CELULAR, CONTENDO PORNOGRAFIA E OUTRAS COISAS IMPUBLICÁVEIS com o intuito de retaliar uma colega, E NÃO FAZ NADA!?, que respeito merece? nenhum, claro! o sujeito não tem vergonha, não tem brio, não tem nada do que os homens de bem costumam se orgulhar.




Ah!, quase ia me esquecendo: para ser justa: ele mandou seu pupilo pedir desculpas pelos transtornos das mensagens pornográficas! EM PAPEL TIMBRADO DA OAB!




Viva o respeito pela nossa velha e querida Ordem dos Advogados do Brasil!




Todos os advogados do país sabem que o Estatuto da Advocacia, Lei nº 8906, de 04 de julho de 1994, no seu capítulo II, art. 70, tratando do procedimento disciplinar diz o seguinte:




Art. 70 O poder de punir disciplinarmente os inscritos na OAB compete exclusivamente ao Conselho Seccional em cuja base territorial tenha ocorrido a infração, salvo se a falta for cometida perante o Conselho Federal.
§ 3º - O Tribunal de Ética e Disciplina do Conselho onde o acusado tenha inscrição principal pode suspendê-lo preventivamente, em caso de repercussão prejudicial à dignidade da advocacia, depois de ouvi-lo em sessão especial para a qual deve ser notificado a comparecer, salvo se não atender à notificação. Neste caso, o processo disciplinar deve ser concluído no prazo máximo de noventa dias.






Só que advogados ou não, ninguém acredita, mas a Quarta Turma Disciplinar da OAB de São Paulo, conseguiu mudar as regras do jogo na calada da noite: fez uma sessão especial onde ninguém sabe quem dela participou, onde não se encontra na web ou em registros internos quem responde por essa verdadeira covardia e ainda se deu ao despautério, ao ver que um advogado valente se dedicou e abraçou o patrocínio, de NEGAR VISTA DOS AUTOS!




Claro, ERA véspera de feriados de fim de ano, muito compreensível que DIFICULTAR O QUE ESTÁ PREVISTO EM LEI, DEMANDA TEMPO ATÉ QUE A ARBITRARIEDADE SEJA CORRIGIDA.




E estão certos os canalhas que agem nas sombras (porque não tem coragem de agir às claras), a julgar pelo que disse um ilustre juiz de plantão na Justiça Federal em 31/12/09 -- duas horas atrasado para um plantão de três, pelo qual obviamente o Estado lhe pagará integralmente (salvo engano três dias de salário a mais):




“...em certas situações excepcionais, justifica-se a atuação cautelar do tribunal de ética profissional..."




Realmente, Sua Excelência está corretíssima: por isso que o STF DEVE manter afastamento de juiz parcial e arrogante, que acha que pode tudo e inclusive pessoalizar demandas onde ele APENAS representa o Estado, ou deveria... São situações excepcionais! Ufa! ainda bem. Pensei que fosse a regra.



No caso da suspensão, de tão monitorada, o juiz que primeiro mandou intimar a advogada suspensa, de que deveria se manifestar em 48 HORAS (SE DANE A SUSPENSÃO DE PRAZOS ATÉ 6 DE JANEIRO!) sobre a "suspensão que consta do site da OAB" (ahahaha, parece que ele fica o dia inteiro em frente do computador, olhando a página da OAB de tanta vontade de ser advogado, coitado) é o mesmo que se envolveu naquele plano do CEBOLINHA PARA MATAR A MONICA... (leia mais, logo abaixo)
 




Sandra Paulino




Em 8 de setembro de 1993 o senhor Bicudo recebeu uma carta enviada por um Major da Polícia Militar de São Paulo à qual foi anexado um documento originado da Coordenadoria de Inteligência Policial da Polícia Militar de São Paulo. Este documento, que se encontrava assinado e com o carimbo da Polícia Militar de São Paulo (doravante “plano assinado e carimbado”), lia o seguinte:1-Assunto: Operação Hélio Bicudo2-Origem: Coordenadoria de Inteligência Policial3-Avaliação: -1-4-Difusão: CH. SEC.5-Anexo: Roteiro do itinerário do “alvo”6-Referência: ----- x -----Desencadear a operação “ALFA 3” para o “alvo” determinado a partir da presente data.Conforme planejado, não poderá ocorrer falha devendo a missão ser abortada caso os agentes executores sejam plotados.O “acidente” deverá ter necessariamente características de crime comum praticado por adolescente.Por determinação superior o “fato” deverá ocorrer antes do dia 5 de outubro.Codificar o presente PB. [7]17. Em 15 de setembro de 1993 o senhor Hélio Bicudo requereu ao Ministério Público de São Paulo a abertura de um Inquérito Policial para investigar os referidos fatos. Em 1 de outubro de 1993 o Inquérito Policial Nro. 975/93 foi instaurado na Primeira Delegacia da Divisão de Homicídios de São Paulo para a “cabal apuração dos fatos narrados, (...) consubstanciados por graves ameaças anonimamente feitas contra o Deputado Federal Hélio Pereira Bicudo.”
Vergonha na cara: é o que falta na instituição policial militar.

JUSTIÇA QUE TARDA...

CASO ANTIGO
No dia 6 de dezembro de 2009 eu repeti postagem antiga, de cerca de um ano, onde havia noticiado a postura de agentes do Estado que perseguem e matam. Creio que isso irritou muito os podres poderes, em especial aqueles que pensam (e agem) como se estivessem acima de toda e qualquer conseqüência. Sem perceber, morderam a isca e partiram em busca de mais eficácia na perseguição e destruição de quem os enfrenta e afronta. Para quem quiser ler mais a respeito do policial (hoje juiz) que estaria envolvido na trama para matar o Professor e então Deputado Federal Hélio Bicudo, basta acessar o link:
O jogo começa a ficar animado e eu tenho certeza que o placar vai ser goleada a favor da Justiça.
Sandra Paulino

POSTAGEM REPETIDA EM "HOMENAGEM" À CAMARILHA QUE PENSA QUE PODE PISOTEAR DIREITOS...
Essa postagem é de terça-feira, 16 de dezembro de 2008 MAS ESTÁ SENDO EDITADA E RECOLOCADA NO TOPO DA LISTA, POR MOTIVOS ÓBVIOS!EM BREVE, TEREMOS NOTÍCIAS DE CORREGEDORES QUE NÃO CORRIGEM E QUE SEGURAM PROCESSOS EM SUAS MÃOS, OU POR MEDO DE GENTE QUE SUPOSTAMENTE É MENOR DO QUE ELES, OU PORQUE COMPROVADAMENTE TEM RABO-PRESO COM ESSE MESMO TIPO DE GENTE, ALIÁS, GENTALHA! EIS A POSTAGEM, BOA LEITURA!SANDRA PAULINO
O TRECHO A SEGUIR, FOI COPIADO DO RELATÓRIO Nº 80/05, CASO 12.397 DA COMISSÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS (24 de outubro de 2005) E MOSTRA COMO AGENTES DO ESTADO FORMAM VERDADEIRAS QUADRILHAS PARA AMEAÇAR, PERSEGUIR (PUNINDO COM A LEI DE MODO DISTORCIDO E PESSOAL), MANIPULAR E MATAR. DEPOIS DE TODOS OS CRIMES, APAGAM-SE OS VESTÍGIOS, SOB A CONVENIÊNCIA DO MOMENTO, ATRAVÉS DE OUTROS AGENTES DO ESTADO, INESCRUPULOSOS E COVARDES, QUE USAM DO PODER DO CARGO PARA DELINQÜIR, AO ESTILO DO CRIME ORGANIZADO. FREQUENTAM AS RODAS SOCIAIS, SÃO "HOMENAGEADOS" POR INSTITUIÇÕES DESONRADAS POR SEUS DIRIGENTES MESQUINHOS E OPORTUNISTAS E AINDA RECEBEM POLPUDAS APOSENTADORIAS, QUANDO NÃO ACONTECE PIOR: SOBEM ATÉ O OLIMPO! POR ISSO,
NO DIA DO ANIVERSÁRIO DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DE DIREITOS HUMANOS, MAIS UMA VEZ, NADA TIVEMOS A COMEMORAR.
Sandra Paulino

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu