quarta-feira, 25 de setembro de 2013

CORRUPÇÃO - TRÁFICO DE INFLUÊNCIA DA JUÍZA DO TJSP E PREVARICAÇÃO DA PMRV



AS RAÍZES DA VIOLÊNCIA NO BRASIL

Sequer é preciso ler O ABOLICIONISMO (Joaquim Nabuco, 1883), para se chegar à conclusão de que a desigualdade social no nosso país atinge especialmente negros e seus descendentes, tradicionalmente as parcelas mais pobres da população.

Foi esse incompreendido senador do Império quem vaticinou:  "A escravidão permanecerá por muito tempo como a característica nacional do Brasil".

Estava correto e o tempo prova isto. E, por favor, aprenda que mesmo tendo a pele “branca” o que ainda hoje muitas vezes vai determinar seu status em terra brasilis é o seu berço, nome, parentesco ou, afinal, relações com o poder.

A realidade nacional que nos dias atuais parece querer transcender esse aspecto perverso da História, mercê de programas sociais que ajudam a diminuir sensivelmente esse vergonhoso abismo entre classes sociais, começa a prometer mudanças saudáveis, embora ainda seja preciso muito combate contra condutas impeditivas dos direitos das pessoas.

A primeira delas é que a informação, aliada ao conhecimento, fortalecidas por relações sociais que o universo virtual descortina, já não é propriedade exclusiva de ninguém, tampouco do ambiente hermético das “academias”.

Para as duas últimas gerações aterrorizadas com o poderio do Estado que prende, tortura e mata, tem-se o contraponto de jovens que não conhecem em profundidade a última ditadura e, portanto, não temem seus resquícios, seja por ímpeto natural ou ignorância mesmo.

Fato é, que cada dia mais e mais se firma o declínio da Casa Grande, confrontada com a Senzala e os inconformados “cidadãos de 1ª classe”, além de reclamarem do trânsito caótico – porque repleto de pobres com seus carros comprados a prestação – e de encontrarem o porteiro do prédio em Paris (imagine!), ainda tem que suportar as cotas para negros e indígenas que possibilitam que a gentalha tenha descendentes estudando entre a fina-flor da burguesia...

Claro que essas mudanças, na velocidade com que se fizeram sentir na última década, despertam paixões de ambos os lados confrontados, o que também serve para balizar os argumentos do ranço; ou a falta deles.

Certo é que, com precisão algébrica, podemos contar com revolução no cenário das relações sociais, onde diversos mitos, nascidos a partir de elites que assombravam pelo poder que detinham, estão caindo e serão registrados pelos historiadores, de agora e de mais tarde. Quem não conhece os jargões sobre a Máfia de Branco e a Máfia de Preto, para designar médicos e juízes?

Faz pouco mais de dois anos, talvez, a inesquecível Ministra ELIANA CALMON alvoroçou a mais alta corte, contou que havia juízes bandidos, desonestos, corruptos, usando a toga como esconderijo para seus desvios e crimes! Tentou-se até processar a incômoda magistrada, mas... felizmente, tudo em vão, porque ela falou a verdade.

Médicos, como é sabido, em determinada parcela da classe, se comportam como se jamais tivessem tido acesso ao conhecimento e/ou informação a lhes melhorar o nível de educação e trato social, já que não atendem os pacientes como deveriam e patrocinam em vários espaços, escândalos contra a vinda de cubanos que se dispõe ao atendimento das pessoas em precariedade de tudo!

A sociedade deixou de prestar atenção à imprensa bafejada pelas verbas oficiais ou cooptada por governos e passou a se informar no conteúdo virtual, dispondo de incontáveis recursos a confirmar a honestidade da informação recebida.

Nesse particular espaço de espancamento da mentira, do mau uso do poder por agentes do Estado, seus conchavos, abusos, desvios e crimes, os blogs se multiplicam nesse universo virtual, atingindo os mais variados temas e públicos, muito especialmente aqueles que se converteram em verdadeira praga contra sistemas autoritários!

Os que denunciam essas ocorrências e os protagonistas de acontecimentos vergonhosos, sempre negados por fontes ditas oficiais e que geralmente andam mesmo é na boca do povo, tem maior procura. Como aqueles que recentemente trouxeram a público o governador do Estado e sua frouxidão diante de pressões que vem da farda, com receio de ameaças que expõem a fragilidade da democracia...

Este blog denunciou e vem denunciando, desde 2008, todo o tipo de desvio, crime e influências que permeiam as relações sociais, muito destacadamente as que envolvem policiais militares.

O resultado é que o conteúdo publicado até aqui, começando com a postagem sobre os “RECOLHEDORES DE PROPINA DE PUTEIRO”, enfureceu inúmeros senhores e senhoras que vestem farda PARA PRATICAR ABUSOS. E por envergarem esse uniforme pensam estarem protegidos por blindagem contra tudo e contra todos. Só que não é bem assim.

A farda às vezes, mais destaca para as consequências legais do que protege o transgressor. Foi tornado público por exemplo, nos diários de grande circulação e em diversos espaços virtuais, principalmente os blogs, as pressões que o governador sofreu, com ameaças ao Secretário de Segurança Pública, para que aumentos diferenciados à Polícia Civil não ocorressem. No entanto, a nota de maior destaque foram as AMEAÇAS que coronéis fizeram no episódio, publicadas na imprensa!

Até o DGP BLAZEK veio a público, em nota oficial, pedir ‘APOIO’ dos policiais civis ao Secretário Grella Vieira. Confira: http://blogsandrapaulino.blogspot.com.br/2013/09/golpe-de-estado-secretario-de-seguranca.html

Parece que a “pressão” exercida contra o governador deu resultado, porque, logo em seguida, o aumento foi horizontal, de apenas 7% e igualitário para todos os policiais, civis e militares.

Com esse desfecho da situação limite, onde não faltaram ameaças contra a população indefesa, quando o governo federal acabou oferecendo auxílio da Força Nacional para que SP em qualquer eventual cumprimento das ameaças pudesse se socorrer de pessoal treinado para manutenção da ordem e segurança públicas, ficou claro o tamanho do poder que se agiganta dentro dessas forças militarizadas, razão principal de pedidos, inclusive internacionais, de extinção pura e simples das polícias militares em todo país: http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,conselho-da-onu-sugere-fim-de-policia-militar-no-brasil,880073,0.htm

Só que essas pressões e ameaças ainda não estão totalmente neutralizadas, conforme noticiário desta data:

O plano do secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, de desvincular os salários dos delegados de polícia dos valores pagos aos oficiais da Polícia Militar abriu uma crise entre o governo e a PM. Em reunião no comando-geral, 57 coronéis se disseram contrários à medida. Muitos dos entrevistados pelo Estado ameaçam até fazer uma "greve branca"

ALERTA GERAL DO PARTIDO MILITAR: Nota do PMB contra pré-projeto do Exmo Governador Geraldo Alckmin e pelo Secretário de Segurança Publica Fernando Grella, que prevê a aprovação de aumento salarial substancial aos membros da Policia Civil, dissimulado em forma de Gratificação, destinando somente migalhas para os membros da Policia Militar e Policia Científica.
Fonte: http://policialbr.ning.com/#ixzz2fwfXaHrG

Tensão motivou o cancelamento de reuniões conjuntas entre PM e PC de SP

SP quer subir salário de delegados e coronéis da PM ameaçam boicote...
A crise entre os oficiais da PM e a Secretaria da Segurança começou há três meses. Coronéis, tenentes-coronéis e até capitães já aderiram ao movimento. 
Fonte: http://policialbr.ning.com/#ixzz2fuzttXVJ


Com a publicação do Projeto de Lei 33/2013 do Exmo Sr Governador de São Paulo, Geraldo
Alckmin, a insatisfação tomou conta dos policiais e bombeiros de São Paulo, do soldado ao coronel, a uma só voz, o que se tem é uma grande insatisfação com o reajuste salarial anunciado no PL 33/2013.
Entre os policiais civis a insatisfação é ainda maior, do carcereiro ao delegado, também a uma só voz, se tem insatisfação, para a Polícia Civil ainda foi pior, o plano de carreira conquistado a duras pena e com muita luta (PEC35 e PEC19) não foi cumprido deixando a PC estagnada.
A desvalorização de tão importantes segmentos do serviço público de segurança leva a insatisfação geral, desmotivação e assim, consequentemente, quem sofre as consequências é a população que a duras penas paga impostos altíssimos sem ter nenhum retorno.
O que resta é aguardar as eleições de 2014 e, nas urnas, refletir os sentimentos de hoje.

Veja na integra o Projeto de Lei 33/2013 com a tabela do “reajuste” salarial 
http://policialbr.ning.com/profiles/blogs/reajuste-salarial-para-policia-militar-e-policia-civil-projeto-de

Fonte: http://policialbr.ning.com/profiles/blogs/insatisfacao-toma-conta-dos-policiais-de-sao-paulo#ixzz2fv61Szps



Afinal, para quê precisamos de uma polícia tão ruim, violenta e sobretudo corrupta? Claro! Para conter os avanços da senzala sobre a Casa Grande. Trocando em miúdos: polícia é para proteção do Estado, patrimônio de pessoas, empresas e bancos. Sobretudo das pessoas que tem destaque sócio-econômico. Exemplo mais flagrante é o atendimento de um cidadão em SP, Grande SP e zonas nobres da grande metrópole. Vai dizer que é igual???

E como a corrupção é sempre o óleo da grande engrenagem do Estado totalitário, que reprime reclamações, manifestações e exigência de qualquer direito, é ela que vai ser encontrada em todas as ocorrências, desde um simples acidente de trânsito, até influências nocivas no exame do direito de cada um! Essa “análise” é feita em uma das partes mais poderosas do sistema: o Judiciário.

Para enfrentamento desse inimigo público é preciso duas armas: PROVAS E CORAGEM.

A maioria das pessoas das duas últimas gerações, tem MEDO de denunciar o que quer que seja, envolvendo POLÍCIA/JUSTIÇA.

Elas sequer sabem, embora a maioria seja composta de CIDADÃOS (indivíduo que VOTA e pode ser votado) que os parlamentares nos quais votaram ou ainda vão votar, tem OBRIGAÇÃO DE CUMPRIR FIELMENTE O MANDATO QUE RECEBERAM OU AINDA VÃO RECEBER. Precisa COBRAR!

Ao invés de exigir o que já é seu, a maioria se preocupa muito mais com a segurança de si mesmos, suas famílias e entes próximos, do que em RESOLVER de verdade o problema maior, o ninho, o lugar de gestação de toda a praga que assola o país: A CORRUPÇÃO EM NÍVEIS ALARMANTES!

E como elas tem MEDO, fornecem aos agressores, o combustível sem o qual a geringonça da intimidação/tráfico de influência/desvios e crimes de todo tipo NÃO CONSEGUE SE MOVER!

A equação é simples:

VIOLÊNCIA= CORRUPÇÃO +CONIVÊNCIA/MEDO

O Brasil, mesmo sendo um dos países mais violentos do mundo, OCUPANDO O 3º LUGAR NA AMÉRICA DO SUL e o 8º NO MUNDO, NÃO TEM PLANO DE PREVENÇÃO DA DELINQUÊNCIA.

Segundo o jornal BRASIL DE FATO:

 

“Homicídios no Brasil superam os de países que vivem em guerra”

Entre 2004 e 2007, 147.343 pessoas morreram por armas de fogo no país; No mesmo período, Iraque, Sudão e Afeganistão registraram 101. 400 mortes


Com 22 mortes para cada 100 mil habitantes, o Brasil tem índices de violência epidêmica (países com mais de 10 mortes para cada 100 mil pessoas, consoante critério da ONU).

Muitos são os fatores geradores dessa violência, de onde se destaca a corrupção, que é uma das fontes mais relevantes da impunidade. Quanto mais corrupto o país maior a impunidade e quanto mais impunidade, mais assassinatos, que prosperam desregradamente nos países que dão a sensação de território sem lei.

Longe de ser considerado quintal de potências em declínio, o Brasil está sendo PRESENTEMENTE observado como nação a ser auxiliada a cuidar dessa epidemia, que atrapalha relações nacionais e internacionais.

Logo após ter sediado, em novembro último, a 15th IACC – International Anti-Corruption Conference, em Brasília, o  país desde junho último, se prepara para comandar, no próximo mês de outubro, comitê sobre VIOLÊNCIA URBANA.

O comitê terá como objetivo principal a produção de relatório com soluções para violência na América Latina, tendo por presidente o ministro Ricardo Lewandowski e secretária-geral, a ministra Eliana Calmon.

“Os ministros Ricardo Lewandowski e Eliana Calmon (Foto:
Felipe Sampaio/ STF e Elza Fiúza/Agência Brasil)
Dois juristas brasileiros comandarão um comitê da Organização das Nações Unidas (ONU), a ser instalado em outubro, cuja missão será monitorar e apontar soluções para a violência urbana na América Latina.
O presidente do comitê será o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, e a secretária-geral, Eliana Calmon, ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ).
O Comitê Permanente da América Latina para a Prevenção do Crime, do Instituto Latino Americano das Nações Unidas para a Prevenção do Crime e Tratamento do Delinquente (Ilanud), será oficialmente instalado em assembleia geral no Rio de Janeiro, em outubro.”



O ministro Lewandowski, notabilizado por sua firmeza em se conduzir contra a farsa do julgamento da ação penal que tentou intimidar políticos em litigância com forças de poder no cenário de alta corrupção, presidirá importante espaço para as denúncias que devem repercutir nas políticas de segurança pública vindouras.

É o registro DO QUE NÃO SE DEVE FAZER EM TERMOS DE SEGURANÇA PÚBLICA, ou seja, a violência institucionalizada em setores que, permeáveis à corrupção em altíssimas doses, CALAM A VOZ DO CIDADÃO ou dos que nem tem essa salvaguarda, como os imigrantes que aqui se encontram muita vez em situação análoga (ou pior) à de escravo.

Resta saber – NA PRÁTICA – o tamanho da independência que vai garantir esse comitê, nos trabalhos que terá de desenvolver. Porque, como se diz, CORTAR NA CARNE, é um exercício que a maioria que frequenta ao menos os arredores da Casa Grande, não sabe/não quer fazer. Não tem sequer interesse em aprender, então... vai ter que ser “CONSTRANGIDA” a tanto.

A julgar pelo noticiário da semana, em diário específico que circula no meio jurídico e também pelo boca-a-boca sobre a coragem dessa notável Ministra, o circo vai pegar fogo!
Entre setembro de 2010 e setembro de 2012, a ministra Eliana Calmon atuou como corregedora-geral do CNJ. A atuação da magistrada foi marcada por denúncias contundentes, especialmente quando afirmou haverbandidos de toga” na magistratura brasileira.
Eliana disse, reiteradamente, "há uma infiltração de criminosos no Judiciário, que se escondem atrás de suas posições".
Em meados de setembro deste ano, o atual corregedor Francisco Falcão admitiu que pretende desengavetar, até o final do ano, apurações iniciadas ainda na gestão dos ministros Gilson Dipp e Eliana Calmon, que o antecederam no cargo. Esses procedimentos demoravam por causa de pedidos de vista ou não eram levados à mesa para julgamento.


O que precisa, nesse momento, é de CORREGEDORIAS firmes, que realmente corrijam, entre elas: DOS TRIBUNAIS E DAS PMS!

De nada adiantam, por exemplo, os elementos escolhidos para o conhecido papel de bom-bom/mal-mal, encenado por P/2 de todas as milícias, tratando muito bem o denunciante que, depois de ausente, é encarado como NOSSO PRINCIPAL INIMIGO, PORQUE DENUNCIOU UM DOS NOSSOS!

Tampouco se resolve o problema da corrupção com a conhecida leniência das corregedorias de diversos tribunais – que até bem pouco tempo tinham como absolutamente hermético o procedimento de investigação de juízes e desembargadores – ATÉ PARA OS DENUNCIANTES.

Essas áreas correcionais, muito comumente investigam e depreciam o denunciante, ao invés de olhar para dentro da própria casa e varrer, definitivamente a sujeira que ali está. Sujeira que SEQUER deveria ter entrado e que, muitas vezes (não a maioria ainda!) entrou pela porta dos fundos em dispositivos vergonhosos, embora previstos em lei, os quais sabidamente contam com relações espúrias e corruptas para serem utilizados, sempre em prol do mando final, do supremo mandarim local.

E a continuar essa marcha, perde a sociedade.

A violência nua e crua, aquela que choca o cidadão comum e faz pensar que tudo está perdido, que nada mais adianta ser feito, que estamos todos mergulhados em ambiente inóspito onde QUEM PODE MAIS CHORA MENOS ou, no jargão das PM MANDA QUEM PODE E OBEDECE QUEM TEM JUÍZO, ou pior: que se pode CRIMINALIZAR QUALQUER DENUNCIANTE ETERNAMENTE, precisa ser combatida e vencida.

O simples fato de um agente do Estado agir como  quem está “IRREMEDIAVELMENTE” blindado contra consequências de atos de bandidagem rasteira, fortalece a impressão social impregnando o inconsciente coletivo com a certeza da invencibilidade desse inimigo público: a CORRUPÇÃO.

Tais comportamentos PRECISAM SER CONHECIDOS, PROCESSADOS E JULGADOS, através de instrumentos hábeis que a legislação já possui, mas que o Estado totalitário ainda não teve vontade de PUBLICIZAR, porque não lhe convém. E esse ESTADO se expressa de forma asquerosa, quando um de seus agentes pensa que pode dizer FIZ PORQUE EU QUIS! e absolutamente nada vai lhe acontecer.

É URGENTE QUE A IMPRENSA SE FORTALEÇA, ainda que se transforme em imenso palco de NINJAS, os que tem condição – E CORAGEM – de obter PROVAS da truculência do Estado e seus agentes, DESMENTINDO AS FRAUDES que montam para que o cidadão seja cada vez mais oprimido, esmagado, perseguido e tirado de circulação, mandado para a cadeia ou para a vala!

A violência que esse blog mostra, é aquela cujos alvos são POLICIAIS MILITARES, os mesmos PM que interessa à Casa Grande, sejam odiados pela Senzala. Os PM e os seus odiosos celulares com câmeras, captando provas.

PROVAS que são entregues para a advogada odiada por uma parte da milícia; alvo de inúmeras investigações manipuladas para esconder a verdade; desmentida em todos os seus os seus reclamos correcionais; rechaçada em todos os requerimentos judiciais; delatada em declarações falsas previamente preparadas pelos covardes que também usam “vestes talares” e que cooptam suas vítimas sob coação; ousada por apontar um juiz militar metido em tramas de assassinato e por isso... suspensa do exercício profissional pela própria OAB!

É por isso que a Polícia Militar, por sua Corregedoria, quando instada a responder QUESTIONAMENTOS LEGAIS, feitos por esta advogada, se cala. Por falta de argumentos sérios a rebater o que é denúncia séria e a ninguém interessa investigar.

Exemplo? Uma denúncia séria, feita em julho de 2010, transformou-se em EXPEDIENTE DO MINISTÉRIO PÚBLICO E FOI PARAR NO ARQUIVO AINDA NA GESTÃO DE FERNANDO GRELLA VIEIRA, ATUAL SSP!

Renovada a apresentação da denúncia, apesar de ter sido remetida a diversas outras autoridades, inclusive o Senador da República Eduardo Matarazzo Suplicy, o Corregedor continua imóvel! Não dá o menor sinal de interesse em INVESTIGAR OS GRUPOS DE EXTERMÍNIO.

Ao contrário: PREMIA-SE AQUELE QUE DESVIA, como forma de responder ao Blog, que quanto mais denúncias houver, mais prêmios serão distribuídos. Denunciado o 1º Ten PM CARLOS, envolvido em nebulosa ocorrência de atropelamento de um caminhoneiro em dezembro de 2011, sua imagem virou “marketing” da concessionária VIAOESTE:



Recentemente envolvido em mais um abuso, contra um subordinado QUE NÃO MULTAVA TANTO QUANTO ERA ESPERADO:


outra vez sua imagem serve de “marketing” da concessionária VIAOESTE: 




O BLOG NÃO É UM ESPAÇO PARA DESTACAR O QUANTO É VIOLENTO ESSE OU AQUELE POLICIAL, OU PARA MOSTRAR OS ERROS DESSE OU DAQUELE PM, MAS PARA QUE SE CONHEÇAM OS ABUSOS DE UM GRUPO ESPECÍFICO, GERALMENTE FORMADO POR POLICIAIS MILITARES COM PODER DE MANDO SOBRE OS OUTROS.

Essa violência, vem, comprovadamente, da CORRUPÇÃO QUE A CORREGEDORIA DA PM DE SP NÃO INVESTIGA E NÃO QUER QUE SEJA INVESTIGADA EM QUALQUER NÍVEL, POR ISSO SE UNE COM OUTROS SEGMENTOS DA ÁREA DA SEGURANÇA INSTITUCIONAL, EM VERGONHOSA BLINDAGEM  QUE ENCOBRE CRIMES DE COMPROVADA CRUELDADE, PRATICADOS POR MÁFIAS INSTALADAS DENTRO DO PODER.

Exemplos não faltam, um deles, denunciado insistentemente pelo MOVIMENTO NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS DE POLICIAIS – MNDHPOL http://mndhpol.blogspot.com.br sobre a morte do Sd PM JULIO CÉSAR LIMA DO NASCIMENTO, patrono desse Movimento, que foi assassinado com 18 tiros, um mês depois de denunciar oficialmente, no inquérito Nº 001/2011 da Delegacia Seccional de Osasco em agosto de 2011, o comandante de sua unidade – 42ºBPM – como envolvido em roubo de cargas e grupos de extermínio.



Outro exemplo é a morte do CORONEL HERMÍNIO (foto abaixo) comandante do 18º Batalhão da PM na zona norte de SP, onde há vários suspeitos, vários pretextos e um só motivo: ELE ATRAPALHAVA PLANOS DE ALTA ENVERGADURA NO TERRENO DA CORRUPÇÃO.



O mais recente, é o assassinato de uma família de PMs, sendo que a mãe de família era uma policial desse mesmo 18º Batalhão da PM na zona norte de SP, que colaborava com investigações sobre grupos de extermínio na PM. 


Há pouco mais de um mês, o comandante do batalhão, Ten Cel PM DIMAS, deixou escapar que a brutal chacina teria sido resposta à
essa colaboração, mas foi imediatamente silenciado pelo Secretário de Segurança, Grella Vieira com processos intimidativos. Só o comandante da PM, Cel PM MEIRA pode falar no dia da chacina, que tudo apontava para um menino de 13 anos, filho do casal.






Depois do "cala-boca" ninguém nunca mais ouviu falar do coronel DIMAS.


Embora o noticiário desse crime seja farto em incoerências e manipulações da verdade, um traço é inapagável nessa vergonhosa mancha na crônica policial: a motivação do crime. É a CORRUPÇÃO EM ALTAS ESFERAS DO ESTADO, com sua participação por ação ou omissão, que permite esses crimes.






O governo federal se exime da interferência que deveria ter, atrás da desculpa mais conveniente, de que respeita o Pacto Federativo.

Este tipo de conduta adotada por um Estado totalitário, além de vergonhosa e bandida, serve como DEMONSTRAÇÃO DE FORÇA para que os que estão por baixo saibam o tamanho do poder dos que estão em cima.

Na PM de SP essas demonstrações de força não param de acontecer e para confirmar que a Base da PMRV de Barueri, km 25 da Rodovia Castelo Branco, continua agindo ao arrepio da lei, vamos contar o que aconteceu há menos de um mês, quando um caminhoneiro se envolveu em um acidente com outro veículo onde estava uma juíza.


PREVARICAÇÃO & TRÁFICO DE INFLUÊNCIA


Quem você acha que saiu perdendo???

Viu como o INCONSCIENTE COLETIVO age dentro de você?

Se o leitor está na faixa dos 50, 40 ou 30 anos completos, provavelmente a resposta foi: O CAMINHONEIRO.

Se tiver menos de 30, vai titubear e responder: DEPENDE DE QUEM FOI O ERRO!

Se estiver na faixa de até 20 e poucos anos, vai querer saber dos DIREITOS de cada parte...

A raiz da violência é a falta de participação social no COMBATE À CORRUPÇÃO! Todos querem os DIREITOS e poucos se lembram dos DEVERES.

Então, não esqueça: SE VOCÊ NÃO CUMPRE SEU DEVER DE DENUNCIAR E COMBATER UM MAL QUE ATINGE A TODOS INDISTINTAMENTE, ainda que forma indireta VOCÊ TAMBÉM COLABORA PARA QUE A CORRUPÇÃO CONTINUE MATANDO SEUS AMIGOS, FAMÍLIA, DESTRUINDO SUAS CHANCES DE SER FELIZ, DE VIVER COM UM MINIMO DE SEGURANÇA E PAZ, MESMO QUE VOCÊ SEJA TRABALHADOR, ÉTICO E CUMPRIDOR DE TODAS AS DEMAIS NORMAS SOCIAIS.        

A falta de combate à corrupção gera a violência urbana, doméstica, contra mulher, minorias étnicas, crianças, idosos, estrangeiros, abusos e crimes de todo tipo que respingam sangue inocente sobre cada um de nós, os omissos pela ignorância, medo e preguiça. 

Afinal, é bem mais fácil CURTIR/COMPARTILHAR nas redes sociais, o discurso de ódio ou de reprovação a este ou aquele “figura”, “figurinha” ou “figurão”, sem ter que assumir a responsabilidade de apontar onde está a matriz do erro, a causa de tanta impunidade, alimentada por nossa indiferença.

Levada pela imprensa que apenas é porta-voz do poder corrupto, que corrompe e é corrompido, a sociedade “elege” alvos para dirigir toda a sua energia de reprovação e revolta. Nada além disso. Conformada, segue com o restante da manada. 

Assumir a responsabilidade por denunciar, pode custar muito, mas salva VIDAS. Pense nisso!

Vejamos agora que aconteceu no caso do CAMINHONEIRO e da JUÍZA.

Dia 25 de agosto, domingo, hora do almoço, um caminhoneiro ultrapassa com seu MB uma LR-Freelander na Rodovia Castelo Branco, em Alphaville. 




Em seguida, a LR-Freelander entra na frente do caminhão e freia intensamente, obrigando o caminhoneiro a sair de lado evitando o choque traseiro mas não o lateral. 

Mais adiante, ambos param e desembarcam, quando o motorista da LR-Freelander, armado com uma pistola GLOCK 9mm chuta o caminhoneiro, que se abriga com a família na boleia e aciona a concessionária VIAOESTE.



Todos são escoltados para a sede da 4ªCia./5ºBPRv onde os policiais rodoviários ouvem primeiro o casal da LR-Freelander, porque um dos ocupantes era uma juíza. Depois que o caminhoneiro estaciona e vem explicar o acidente, surge a notícia de que o motorista da LR-Freelander estava armado.





O Oficial do Dia, 1º TenPM SADALA é chamado, a pesquisa é feita no terminal PRODESP e se constata que a arma, UMA PISTOLA GLOCK, CALIBRE 9 MM, numeração DSH 293 NÃO TEM REGISTRO. Segundo o marido da juíza, foi comprada no Paraguai.

Apesar de declarar que a pistola é mesmo “fria”,nenhuma providência legal é adotada pelo Ten SADALA contra o indivíduo armado: ELE NÃO É PRESO, NEM LEVADO AO DELEGADO DE BARUERI PARA SER AUTUADO POR CRIME DE PORTE ILEGAL DE ARMA, TAMPOUCO A ARMA É APREENDIDA CONFORME MANDA A LEI.

Ao contrário do que MANDA a lei, a arma é devolvida ao motorista da LR-Freelander que a entrega para a juíza que guarda a pistola na bolsa.

Segundo determina a portaria 1.042 do Ministério do Exército, de dezembro de 2012, tornando iguais os direitos dos policiais federais aos de demais policiais do país, todo pm, bombeiro, policial rodoviário federal, policial ferroviário federal e policial civil do brasil pode adquirir até duas armas nos calibres ponto 357, ponto 40 e ponto 45 na indústria nacional.

Antes dessa determinação, diz a portaria n.º 025-DMB de 22 de dezembro de 1998, do Ministério do Exército - Departamento de Material Bélico:

Poderão adquirir uma arma de calibre 9x19mm:
os Oficiais de carreira das Forças Armadas (da ativa, da reserva remunerada e reformados) exceto os que tenham como causa da inatividade alienação mental, condenação por crime contra a Segurança do Estado ou atividades que desaconselhem o porte de arma (letra "q" do inciso IV do Art.50, da Lei 6880 de 08 de dezembro de 1980 – Estatuto dos Militares) de acordo com a Portaria Ministerial n.º 1228 de 18 de novembro de 1986; e 
os Policias Federais (exceto quando interditos) 
b) as armas de calibre 9x19mm ou 45 adquiridos por Colecionadores de armas e Atiradores de Tiro Prático terão seus processos iniciados com um requerimento dirigido ao Departamento de Material Bélico, encaminhado através da RM onde os mesmos têm seus Certificados de Registros;

Fonte(s):


Assim, nem a juíza, nem seu marido, exceto se forem colecionadores registrados na região militar de SBC, podiam portar aquela pistola.

A pesquisa no terminal da PRODESP, feita no momento do atendimento da ocorrência, informava que o marido da juíza tem porte permitido para um revólver calibre 38, que não se compara com a pistola 9mm, de maior potencial ofensivo e que um dos PMRV, desavisado sobre normas de controle de material bélico, teria dito que podiam usar na fazenda deles.

O caminhoneiro é insistente em querer levar o caso à delegacia, mas o tenente chega e o leva para uma conversa reservada com outros 3 ou 4 policiais rodoviários e todos o pressionam, dizendo que se forem para a delegacia ele vai ser autuado por TENTATIVA DE HOMICÍDIO. Ele reclama e diz que não tem e nunca usou uma arma, mas os policiais o intimidam dizendo que é sua palavra contra a do motorista, que informam ser marido da oficial de justiça que o acompanha.

Os policiais rodoviários escondem a condição de membro do Poder Judiciário daquela que guarda em sua própria bolsa, uma arma sem registro e de porte proibido porque ela não quer problemas! Um deles a leva para fora da base e ela vai para o seu carro, evitando ser “exposta”, pois, afinal, é filha de um membro do Ministério Público e ser levada para a delegacia, com o marido, que é português, vai dar mão-de-obra a perder de vista...

A ocorrência é registrada: nº 25-505-520/25/agosto/2013, apenas como “acidente de trânsito SEM VÍTIMA”, o que desobriga o tenente de apresentação à autoridade policial de Barueri.

O motorista do caminhão é multado por conta do tacógrafo irregular e fica calado porque já foi avisado sobre o que lhe podia acontecer e o que ainda pode vir a acontecer, afinal, é profissional do volante, trabalha em empresa de Osasco e roda no trecho coberto pela “fiscalização” da POLÍCIA MILITAR RODOVIÁRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO!

A empresa do caminhão tem seguro e a empresa da LR-Freelander, uma construtora que faz “ART” em SBC, também tem. Logo, as companhias seguradoras devem arcar com os prejuízos de “pequena monta”.

Só o CRIME DE PORTE ILEGAL DE ARMA ficou sem registro legal.

UM POLICIAL RODOVIÁRIO, porém, resolveu dar PARTE do tenente que PREVARICOU, porque acatou o tráfico de influência da juíza.

O documento que traz maiores detalhes da ocorrência, foi REGISTRADO NO LIVRO DE PROTOCOLO DO ANO DE 2012, que ainda é utilizado pela 4ªCia./5ºBPRv, na folha nº 52: PARTE Nº 5BPRV-1018/40/2013 e que porém, DESAPARECEU e mesmo pedida cópia, não foi localizado.

Depois de alguns dias, UM POLICIAL RODOVIÁRIO PASSOU A FAZER PRESSÃO NA EMPRESA PARA QUE A PERÍCIA NO CAMINHÃO E ENTREGA DE CÓPIA DOS DOCUMENTOS DO CAMINHONEIRO FOSSE AGILIZADA; agindo como verdadeiro despachante profissional e teria enviado “e-mails” para a empresa de Osasco, tudo para que o seguro que ela contrata, pague a módica quantia de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) por danos de “pequena monta”, constantes do BOATRv.

E os comentários da tropa da 4ª Cia., são todos no sentido de que o “novo” comandante, Cap PM CROCO, apesar de ter vindo da CORREGEDORIA DA PM, o que inspirava na uma certa esperança de ventos arejadores e anti-corrupção, decepcionou bastante, porque os que SEMPRE DESVIARAM, continuarão DESVIANDO, sem que haja qualquer correção dessas condutas.

Assim é o ambiente onde a corrupção é plantada, regada e cuidada com esmero, para que todos os seus plantadores tenham lucros iguais aos de quem planta transgênicos: cada vez maiores.

As perguntas que surgem: o “gene” da corrupção estaria no sangue do brasileiro? gente olhada com reserva em muitos países que combatem esse mal e cortam na carne, uns menos, outros mais? Teria vindo com os primeiros degredados, aqui esquecidos como cumprimento de “penas” do antigo reino europeu? Será que se serviram os desterrados das magias do povo africano, experiente em driblar as maldades da Casa Grande no tempo da real Senzala institucional?

Conjecturas à parte, o fato é que enquanto não se corrigirem os desvios, os abusos, o tráfico de influência vergonhoso como o exemplo citado em que uma juíza passa por cima da  lei para proteger desvios do marido e dela própria, contando com a complacência de vários policiais e sai, ilesa, sem ser presa, comprovadamente, por PORTE ILEGAL DE ARMA, crime inafiançável, nem seu marido, SOMENTE PORQUE ELA É MEMBRO DO PODER JUDICIÁRIO DE SÃO PAULO, não podemos dizer que vivemos, de fato, em uma democracia.








O que constatamos, no mais terrível cotidiano de nossa brasilidade, é que a Máfia que se esconde atrás da toga, ainda está muito longe de ser extirpada, porque uma juíza com esses “pendores”, não trabalha numa comarca interiorana ou na grande SP, se esfalfando sobre milhares de processos por mês, enfrentando tudo que os seus colegas enfrentam, para que a boa jurisdição seja prestada.

Ao contrário, ela trabalha justamente no TRIBUNAL DE JUSTIÇA, na 5ª Câmara de Direito Público, apesar de todos os percalços em que já esteve envolvida. E outros, onde agora está: porque os Oficiais envolvidos na sua vergonhosa blindagem dizem que ela lhes prestará “favores” quando determinados casos lhe vierem às mãos.

Os policiais rodoviários sob o comando do Cap PM CROCO estão satisfeitos com o grau de “poder” que conseguiram, alinhando-se com quem pratica crimes que podem parecer de pequeno potencial ofensivo... mas não são. Eles tentam se prevenir contra defesas que se apresentam reiteradamente diante de juízes outros, cegos pela inquietação dos documentos que são obrigados a ler, considerar e por vezes, CONTESTAR. E estão, cada dia mais, sem argumentos! O que estão fazendo, em breve, reverterá contra eles mesmos...

Por hipótese, imaginemos que o marido da juíza tivesse se descontrolado só um pouco mais e cumprido a promessa “EU MATO VOCÊ!” que chegou a lançar contra o caminhoneiro, mas “só” lhe deu um chute...

- como se chegaria à autoria do crime? 
- as câmeras da VIAOESTE teriam imagens copiadas para perícia?
- como se chegaria na arma que não tem registro?
- a gravação de imagens do marido da juíza estaria disponível?
- poderia ser apagado esse conteúdo?
- poderia ser manipulado como se diz no caso Pesseghini ?
- a quem compete o controle destas ferramentas de poder?

O poder, pelo poder, vai nos levar ao extermínio uns dos outros, dependendo de quem tem mais? Afinal, que sociedade queremos para viver e nos relacionar? Até quando o poder será exercido de forma tão podre? Esse desequilíbrio comprometedor das relações sociais, obrigadas a interagir com o crime é NOSSA CULPA!

Só falta agora que os que não concordam com esse desequilíbrio, de MUITO PODER NA MÃO DE BANDIDOS INFILTRADOS NO PRÓPRIO ESTADO, ENTENDAM QUE A UNIÃO NA SOCIEDADE CONTRA A CORRUPÇÃO É O CAMINHO E QUE APRENDAM A AGIR, para que a LEI e não o arbítrio, seja de fato o fiel dessa balança.

De outra forma, não adianta esperar mudança, porque ela não virá, senão para espremer ainda mais, talvez até a morte, o tecido já doente dessa sociedade hipócrita e oportunista, onde também vige o princípio mesquinho do “farinha pouca, meu pirão primeiro!” e onde quem age correta e eticamente recebe o rótulo de “otário”.

Os fatos estão aí e persistem, a desafiar a autoridade das Corregedorias respectivas: da Polícia Militar e do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

POSTAGEM EDITADA EM 27 DE SETEMBRO ÀS 13,05:

SECRETÁRIO NEGA INSATISFAÇÃO DE CORONÉIS DA PM APÓS NOVO PLANO SALARIAL PARA DELEGADOS
Ler mais: 
http://noticias.r7.com/sao-paulo/secretario-nega-insatisfacao-de-coroneis-da-pm-apos-novo-plano-salarial-para-delegados-26092013

OFICIAIS DA PM CRITICAM REAJUSTE A DELEGADOS
Ler mais: 
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,oficiais-da-pm-criticam-reajuste-a-delegados,1078799,0.htm

COM FIM DA PARIDADE SALARIAL, EFICIÊNCIA DA PM É UMA INCÓGNITA
http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,coroneis-ordenam-feijao-com-arroz-no-policiamento,1078907,0.htm


CORONÉIS ORDENAM "FEIJÃO COM ARROZ" NO POLICIAMENTO
http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,coroneis-ordenam-feijao-com-arroz-no-policiamento,1078907,0.htm


Sandra Paulino

Um comentário:

Sandro disse...

Uma história dessas dá nojo só de ler e imaginar o que realmente acontece, principalmente vindo por parte de quem deveria cumprir a lei e a ordem

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu