quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

MIREM-SE NO EXEMPLO DAQUELAS MULHERES DE ATHENAS?

DESENHADO A PARTIR DE SETEMBRO DE 2012 COMEÇA A SE ARMAR, FINALMENTE, O GOLPE.

O governo federal está sob ataque e não vai dar certo qualquer projeto se não houver um basta nos ataques contra a Presidência da República.

Transparência também é respeito.

E por respeito, o Blog vai publicar.

MARTA SUPLICY SAIU DO GOVERNO ATIRANDO...

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,marta-critica-dilma-ataca-colegas-e-afirma-ou-o-pt-muda-ou-acaba,1618119
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,marta-critica-dilma-ataca-colegas-e-afirma-ou-o-pt-muda-ou-acaba,1618119
11/11/2014 11h02 - Atualizado em 11/11/2014 19h37

Em carta de demissão, Marta Suplicy faz crítica indireta à política econômica

Senadora petista assumiu o Ministério da Cultura em setembro de 2012.
Relação da ministra com Dilma Rousseff se desgastou nos últimos meses.

Filipe Matoso e Lucas SalomãoDo G1, em Brasília
Ministra da Cultura, Marta Suplicy, anuncia 500 bolsas para interessados em áreas de humanas. (Foto: Reprodução/Agência Brasil)
A petista Marta Suplicy pediu, por meio de carta,
demissão do cargo de ministra da Cultura.
(Foto: Reprodução/Agência Brasil)
A ministra da Cultura, Marta Suplicy, entregou na manhã desta terça-feira (11) carta de demissão ao Palácio do Planalto, informou a assessoria da pasta. No texto, a petista fez críticas indiretas à condução da política econômica no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.
A ministra demissionária escreveu no documento protocolado nesta terça na Casa Civil esperar que, em seu segundo governo, Dilma escolha uma equipe econômica que "resgate a confiança e credibilidade" da atual administração. Ainda segundo ela, os novos comandantes da economia, "acima de tudo", devem estar comprometidos com o crescimento do país.



Como alguém pode criticar Marta Suplicy por dizer a verdade? o país não cresceu mesmo.

E Marta, como administradora... criou corredores exclusivos para ônibus, bilhete-único, CEUS, fez a lição direitinho com publicação de editais e gestão técnica séria. Perguntar à população, como foi sua Administração é um perigo para quem a critica.

Mais do que falar sobre a equipe econômicam Marta foi audaciosa e revelou os bastidores de um jantar servido em sua sala, para o grupo do "Volta, Lula". Imperdoável. Estilo: vou mas levo todos comigo. Ou o principal. Quem é ele?

E a porta para Marta entrar na disputa contra Haddad se fechou pela mesma mão, ao ser nomeado "secretário", que todos sabem o que fez enquanto na Educação do Estado... Só desvios. E processos ainda em andamento, desde improbidade administrativa até enriquecimento ilícito, apesar de toda a proteção que vem de seu dileto amigo e presidente do maior tribunal do mundo. Do mundo melhor. 

Os ataques da direita fascista e dos neoliberais, interessados francamente no roubo e desmonte de todos os programas sociais que entre outros prodígios acabaram com a indústria da seca nordestina e trouxeram pobres para dentro de universidades e aeroportos, além de tornar empregadinhas domésticas em profissionais com todos os direitos trabalhistas reconhecidos aos demais, apostam em mais um corrupto: NESTOR CERVERÓ.

Longe, muito longe de um crítico sério como Marta Suplicy, este elemento é ex-diretor da área internacional da Petrobrás, vai depor amanhã, 22 de janeiro e segundo seu diligente advogado, vai falar a verdade: a presidenta do Conselho de Administração da PETROBRAS foi omissa no processo da compra da Refinaria de PASADENA.


Vai questionar o que Dilma já disse sobre as falhas do parecer que assinou quando presidia o conselho, e que por assinar sem ler, precisa ser responsabilizada. 

O próprio estatuto diz que, se o conselho não cumprir as regras, ele é responsabilizado, inclusive com bloqueio de bens pessoais. Cuidado senhor serviçal, ops... Cerveró.  


Pois tudo que se planta, se colhe; observe o promotor que lutou durante mais de 20 anos por notoriedade e depois da missa de 7º dia só vão se lembrar de que era um sujeito longe de ser canonizado.


O que tem em comum esses acontecimentos? a figura feminina como alvo: Marta, Dilma, Cristina... 

Em pleno século XXI, não será possível exigir comportamentos iguais aos das mulheres que se submetiam à ditadura de ser a "parte fraca" na Grécia antiga. Mesmo naquela época, puderam mostrar que eram fortes, principalmente quando sozinhas. Esses homens que precisam se impor para se mostrarem "superiores", fustigam hoje mulheres que pensam ser aquelas antigas "geradoras". Ameaçam com estupros (como se pudessem!), sem a menor noção da sabedoria e do amor feminino. Estão expostos.

Na hora mais difícil, é fácil identificar os amigos.

E não será Dilma que ficará abandonada.


A EPIDEMIA DE CORRUPÇÃO, ATINGINDO DESDE O NÍVEL PRIMÁRIO DA GOVERNANÇA ATÉ OS ALTOS ESCALÕES DO PODER, PODE SER CONTROLADA.

Basta vontade conjugada com ação.

Será feito o controle. É questão de tempo saber por quem.


Sandra Paulino

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu