quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

ESTOUROS DE CAIXAS ELETRÔNICOS

CAIXAS ELETRÔNICOS:  130 ESTOUROS EM 2014








HÁ MUITO TEMPO O BLOG VEM ALERTANDO QUE A CORREGEDORIA NÃO AGE!

EXCETO SE FOR PARA PERSEGUIR COM MILITARISMO AQUELES QUE EMBORA AGINDO CORRETAMENTE, DE TUDO E MAIS UM POUCO SÃO ACUSADOS, COMOO MANOBRA DE DESVIAR A ATENÇÃO DO QUE INTERESSA.

DESDE 2010 A CORREGEDORIA VEM SENDO SOLICITADA A ADOTAR PROVIDÊNCIAS (VIDE E-MAIL ABAIXO). NADA PROVIDENCIOU. UM ANO DEPOIS, UM CASAL E A FAMÍLIA SÃO MORTOS E TODO O CASO É ABAFADO.

E O NOTICIÁRIO, NESSE FIM DE ANO, SUAVEMENTE, APONTA PARTICIPAÇÃO DE PMS NOS CRIMES.



REVEJA OS ARTIGOS:

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

A PM DO ESTADO TOTALITÁRIO DE SÃO PAULO e a FAMÍLIA PESSEGHINI


TRÊS DESTAQUES QUE A POLÍCIA MILITAR NÃO QUER VER NOTICIADOS, TALVEZ PQ O GOVERNO DO ESTADO JÁ SAIBA QUE A LOCOMOTIVA DA SIEMENS, APESAR DE PUXAR MAIS DE MEIO BILHÃO DE DESVIOS DOS "TRILHOS" DO METRÔ, É "PEQUENA" PERTO DE CONJUNTO DE OUTROS "VAGÕES" COMO:

- MÁFIA DE CAÇA-NÍQUEIS COM ENVOLVIMENTO DE POLICIAIS,

- ESTOURO DE CAIXAS ELETRÔNICOS, 

- DESVIOS DE DINHEIRO PÚBLICO QUE NINGUÉM SEQUER       IMAGINA O ALTÍSSIMO VALOR E O TEMPO QUE VEM SENDO DESVIADO.



NA MADRUGADA DESTA SEGUNDA-FEIRA, 19 DE AGOSTO, A PERÍCIA ESTEVE NO LOCAL ONDE OCORRERAM AS MORTES DA FAMÍLIA DE PMS:

http://mais.uol.com.br/view/cphaa0gl2x8r/pericia-faz-teste-acustico-na-casa-da-familia-de-pms-em-sp-04020D1A326ECCB14326?types=V&

A chacina da família de PMs na zona norte de São Paulo completa duas semanas nesta segunda-feira (19). Nessa madrugada, a perícia voltou ao local do crime para fazer um teste acústico. O objetivo era saber se os vizinhos conseguiram mesmo ouvir os tiros, que mataram as cinco pessoas. 
Créditos da reportagem: 
Igor Duarte - São Paulo 
Ermindo Lopes Filho - perito 
Sebastião de Oliveira Costa - parente das vítimas


AGORA QUE VOCÊ JÁ SABE QUE O SECRETÁRIO PRESSIONA POLICIAIS E CIDADÃOS COMUNS PARA QUE NÃO FALEM DESSE CRIME E DE OUTROS VÁRIOS ASSUNTOS COMPROMETEDORES, CONTINUE CALADO, PRINCIPALMENTE SE VOCÊ FOR POLICIAL MILITAR. 

O SILÊNCIO... É O CAMINHO. NO FINAL ESTÁ A COVA! 



NA DATA EM QUE ESSE CRIME FOI NOTICIADO, COINCIDENTEMENTE MUITO SE FALAVA DA PROMISCUIDADE DO GOVERNO COM PESSOAS LIGADAS A FACÇÕES DO CRIME ORGANIZADO:


Sandra Paulino compartilhou um link via Edison Barreto.
VEM PRA CÁ, REGIÃO OESTE DA GRANDE SP (TABOÃO E ITAPECERICA DA SERRA, OSASCO, EMBU DAS ARTES, COTIA ETC) E VAMOS VER NÃO SÓ PCC MAS OUTRAS, DIGAMOS...CORPORAÇÕES EM ÍNTIMA LIGAÇÃO COM DELIQNUENTES DE TD TIPO! E O DINHEIRO DOS ESTOUROS DE CAIXAS-ELETRÔNICOS, MÁFIA DE CAÇA-NÍQUEIS, DESVIO DE COMBUSTÍVEIS PAGOS PELO ESTADO, ALÉM DE GRUPOS DE EXTERMÍNIO MANTIDOS POR POLICIAIS, PRA ONDE VAI O GROSSO DA GRANA, MESMO? HEIN?



Cabo morta foi convidada por PMs a roubar caixas eletrônicos

GIBA BERGAMIM JR
DE SÃO PAULO
JOSMAR JOZINO
DO "AGORA"
[IMG]


A cabo Andreia Regina Bovo Pesseghini, 36, morta com a família na semana passada, foi convidada por PMS a participar de um roubo de caixa eletrônico. A declaração foi dada ontem pelo deputado major Olímpio Gomes (PDT). O parlamentar comunicou essa informação anteontem ao corregedor da PM, o coronel Rui Conegundes.
Segundo a polícia, o filho da cabo, Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13, é o principal suspeito de ter matado a mãe, o pai, o sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini, 40, a avó, de 65 anos e a tia-avó, de 55 anos, na casa da família, na Brasilândia (zona norte de SP). Para a polícia, o crime ocorreu no dia 5 e o menino se matou após ir até a escola.
De acordo com Gomes, Andreia avisou sobre o convite do roubo a seu superior, o capitão Fábio Paganotto, então comandante da 1ª Companhia do 18º batalhão. Paganotto tentou apurar o fato e acabou transferido, posteriormente, para o 9º batalhão. Gomes disse que os PMs não foram punidos.
Para psicóloga da PM, criança pode manusear arma junto com os pais
Em bilhete, filho suspeito de matar PMs mostra carinho pelo pai
Paganotto foi um dos policiais que se envolveram, com PMs da Rota, na ocorrência que deixou seis suspeitos mortos em uma suposta tentativa de roubo a caixas eletrônicos no supermercado Comprebem, em Parada de Taipas (zona norte de SP), em agosto de 2011.
Na última quarta-feira, o tenente-coronel Wagner Dimas, então comandante do 18º batalhão, disse em entrevista à rádio Bandeirantes que a cabo havia delatado colegas envolvidos em roubo a caixas eletrônicos e que não acreditava que o menino fosse o responsável pelas mortes. No dia seguinte, ele foi chamado para depor na Corregedoria da PM e desmentiu os fatos.
Dimas foi afastado anteontem do comando do 18º batalhão. A PM não quis se pronunciar sobre o afastamento nem sobre as declarações de Gomes.
CENA DO CRIME
A casa onde a família foi morta não teve a cena de crime totalmente preservada. A informação consta de nota divulgada ontem pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.
"O departamento [Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa, DHPP] apenas confirmou afirmação da imprensa de que o local 'não estava totalmente idôneo'. Isso, evidentemente, não quer dizer que houve violação proposital da cena do crime", diz o texto.
Sebastião de Oliveira Costa, 54, parente das vítimas, disse, no último sábado, que chegou à casa às 17h45 do dia 5 e que havia ao menos 30 PMs dentro dela, antes da chegada da perícia.
A polícia pretende chamar para depor os policiais militares que entraram na casa antes da chegada da perícia.


O NOME DISSO É CINISMO!

Sandra Paulino

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu