quarta-feira, 21 de setembro de 2011

VOTAÇÃO HISTÓRIA NO SENADO - APROVADA A COMISSÃO DA VERDADE!




Parabéns Dilma! Parabéns Maria do Rosário! Parabéns Paulinho! Parabéns a todos os que trabalham e lutam por uma sociedade que verdadeiramente respeita os DIREITOS HUMANOS.

Em votação histórica, foi aprovada hoje, às 23,00 horas, na Câmara dos Deputados


A Comissão da Verdade foi aprovada, varrendo-se para a lata do lixo praticamente TODAS as emendas apresentadas por aqueles que lutam para que haja um comissão de verdade, não de mentira.

O Deputado Marco Maia, de paciência comprovada, conduziu os trabalhos que contaram, já na apresentação do projeto, com um esdrúxulo pedido de retirada de pauta pelo sempre descontrolado deputado JAIR BOLSONARO que alegava o art. 62 do Regimento, tentanto tumultuar e levar para o casuísmo o que ele, de modo subjetivo, entende ser ou não tema incluído no título CIDADANIA.

Aqui cumpre um parêntese obrigatoriamente aoberto: JÁ QUE ELE VOCIFERA HÁ DOIS OU TRÊS ANOS QUE NÃO TEM MEDO DA ABERTURA DOS ARQUIVOS DA DITADURA, POR QUÊ ENTÃO, TUDO FEZ PARA QUE O PROJETO FOSSE RETIRADO DE PAUTA? JOGA PRA PLATÉIA...

Ivan Valente, o primeiro a discursar a respeito do projeto, falou bem, ressaltando que a comissão como está, tem pouca capacidade de ouvir a todos os que querem/podem/devem falar, esbarrou na questão da soberania da própria comissão e dotação orçamentária, apresentando, com Luiza ERundina, pelo PSOL, várias emendas. Ressaltou, como fizeram os que o sucederam, que a comissão não tem caráter punitivo, mas que colabora com as instituições para que justiça seja feita.

Aroldo de Oliveira, discursando contra o projeto, com o costumeiro ranço e cheiro de carniça que essas velhas questões levantam, disse ser uma sessão histórica, dessa de hoje, para o bem ou para o mal. Afirmou que ela pretende levantar fatos históricos e não pode se fundamentar senão na verdade. Depende de qual verdade ele está falando: a dos torturadores ou de suas vítimas. A verdade é como um espelho transparente, depende de que lado vc está, verá uma marcação das horas, diferente daquela que lhe seja oposta. Reagiu dizendo que o período considerado ditatorial é entre 1964/1975 e que a intenção daquela época era a implantação do regime comunista, financiado por Cuba e pela China, com vistas à sua instalação no Brasil. Parece que ele acredita naquela velha história de que "comunistas comem criancinhas". Fez relevo à suposta missão delegada às FFAA, no sentido de que tinham de "defender a não do inimigo". Só que o "inimigo" era o próprio povo, inclusive muitos jovens, na sua maioria, que sonhavam com uma pátria lvire, onde se pudesse pensar, não o que era MANDADO, mas o que quisessem... Para completar as barbaridades que teve a audácia de sustentar em plenário (porque assim determinam os princípios democráticos), jogou no ar a ameaça de que "estão mexendo" com algo que estava quieto. Disse que "a feida que já está cicatrizada" não deve ser mexida e que isso pode se transformar em metástase. Ora, a única coisa que eu sei que se torna metástase, é o câncer. Então, nisso pelo menos concordo com ele: esse período é o "Cãncer do Brasil"!

Enquanto cada deputado discursava a favor do projeto, porque somente esse Arooooooooooldo e o próprio Bolsonaro foram contra, este último apupava os colegas e os agrediu sistematicamente, como forma de conseguir que a Comissão NÃO FOSSE APROVADA. Provocou risos quando falou em "meu congresso" e também gritou sonoro "CALA A BOCA" não se sabe pra quem, mas em conduta absolutamente fora do padrão, ameaçando com documentos do CIE - que muitos não sabem é o "temido" Centro de Informações do Exército, um resquício do SNI, que se dedicou até mesmo a investigar a conduta de estudantes que namoravam membros das FFAA, em patéticos passeios no Playcenter ... Bolsonaro, tentando fazer "medinho" na presidenta, falou que ela estava no carro-bomba que matou o infeliz Cabo do Exército, Mario Kozel Filho, promovido a sargento post mortem e cujo corpo foi estilhaçado. Claro, o pobre moço não tinha culpa de ser OBRIGADO ao serviço militar e nessa condição é que ele estava na guarita do quartel, vizinho da Assembléia em São Paulo. Querer, porém, enfiar DILMA ROUSSEF nesse episódio, é de um exagero sem par. Todos os moços e moças e os demais que se envolveram na sangrenta luta, tinham, cada qual, seus objetivos, uns contra, outros a favor, com a diferença que não é pouco, que os contra a liberade, tinham todo o aparto do ESTADO a seu favor, mais ou menos como se faz em terras de piratininga, onde após matarem os filhos da terra, as mães derramam lágrimas e um crocodilo fardado vai até elas pedir desculpas, com lágrimas nos olhos. Alguém conhece a expressão "lágrimas de crocodilo"? sim, eles expelem lágrimas pelo esforço que os maxilares fazem, ao triturar os ossos de suas vítimas...

Domingos Dutra homenageou em sua fala o Ministro Vanucchi e Nilmário miranda, o precurssor do projeto, além de render loas à nossa Ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário... aquela que, segundo aqueles comentários em tom de piadinha, alimentados na PM de SP, "se tirarem os óculos dela, não consegue voltar pra casa!" Pode ser. Mas só a menção de um simples ofício vindo de seu gabinete, fez muita gente com e sem farda arrancar os óculos... Dutra também disse que a comissão da verdade visa localizar a tortura que foi praticada institucionalmente, que tem de haver políticas públicas para que nunca mais se use o aparelho do ESTADO para ferir. Não se trata de revanchismo, segundo o deputado, nem perseguição, é apenas para que o ESTADO não possa mais, impunemente, PRENDER, TORTURAR, MATAR, ESQUARTEJAR e ESCONDER TUDO ISSO.

Enquanto Dutra e os demais, como Protógenes, Fernando Feder discursavam e se manifestava sobre o requerimento de que acabassem as discussões osbre emendas, ouvia-se a voz de Bolsonaro, sempre desrespeitando, sendo necessárias mais de três intervenções, para que se calasse e terminasse as agressões contra colegas. Ouvia-se também vozes femininas, a cada exagero como "A DILMA terá seu troco!" revidando "PARE DE LATIR". Enfim, o parlamentar não se conforma mesmo com o jogo democrático e menos ainda de ver Dilma como presidenta do Brasil.

Se esquecem, Bolsonaro e todos os que lhe comungam opinião e conduta, ou temporariamente ou por conveniência, os direitos do povo brasileiro, insculpidos na CF.

Protógenes citou nomes famosos, até de parlamentares, que sumiram, como Rubens Paiva, Miguel Arraes , /Leonel Brizola, Gregório Bezerra, Luiz Carlos Prestes e Olga Benário.

Penso que há muitos outros, que a própria História ainda precisa ver expostos, para que sejam conhecidos e a eles sejam enregues desculpas oficiais. E tudo o que puder ser feito para que se redima o Estado, diante dos cidadãos.

Embora Feder tenha até lembrado ser pai de um jovem militar e que na época em que tinha essa idade (do seu filho hoje) ele próprio fosse um revoltado, por conta da repressão que existia no país, penso que deve ser feito muito mais do que simples citações poéticas para que a geração non-sense que aí está, em termos políticos, acorde e faça sua parte, em favor daquela que guarda o DNA do medo.

A solução apra que chegue a verdade historica e verdade dos fatos até o público alvo, é o encaminhamento do trabalho até agora realizado, ao Arquivo Nacional, o que é objeto de emenda votada e aprovada.

Há ainda, muita dúvida e neblina sobre a questão do que deve ser feito em caso de identificação de crime, nos trabalhos da Comissão da Verdade e nesse ponto, embora haja DEVER dos militares e de outros servidores do ESTADO para comparecer e depor, acionando-se Ministérioo Público e Judiciário, o fato é que ainda é muito pouco, porque se cogita até mesmo de sigilo das personalidades investigadas, como se elas temessem que o trabalho venha a público e fique sabido o que elas fizeram aos seus compatriotas.

No finalzinho, antes da votação pela aprovação ou não do projeto, ainda uma vez mais tentou Bolsonaro livrar a cara dos justiceiros: tentou a emenda de que seria VEDADO O OFERECIMENTO DE DENÚNCIAS e JULGAMENTO pelos poderes constituídos para essa finalidade, mas foi reprimido com a mesma tônica que dirige aos colegas: gritos e apupos e a rejeição da esdrúxula proposta.

Falta agora a votação pelo Senado e ficou posto em acordo, que não haverá VETOS.

UMA COISA É FATO: A SOCIEDADE BRASILEIRA NÃO QUER MAIS QUE SE REPITAM ESSE FATOS NO BRASIL.

Sandra A Paulino e Silva

Um comentário:

Anônimo disse...

Prezados

Depois de ouvir, mais uma vez, uma discussão parcial sobre a "comissão da verdade" na Rádio CBN, contatei a emissora e enviei o e-mail abaixo. Peço ampla divulgação sobre o que há de concreto nesta comissão dos crápulas.

Um abraço -

Jair Bolsonaro

Caso haja interesse, seguem algumas observações sobre o PL 7376, que cria a "Comissão da Verdade":

"SE O GOVERNO ESTIVESSE TÃO PREOCUPADO COM AS VIOLAÇÕES DOS DIREITOS HUMANOS DO PASSADO, PODERIA DAR EXEMPLO, E COMEÇAR A APURAR O SEQUESTRO, TORTURA E EXECUÇÃO DO PREFEITO CELSO DANIEL do PT.

Art. 2° - A COMISSÃO DA VERDADE SERÁ INTEGRADA POR SETE MEMBROS DESIGNADOS PELO PRESIDENTE DA REPÚBLICA .

Obs - qual a isenção desta Comissão? A atual Presidente, agente ativa no processo indicará todos seus integrantes, isto é democrático?! Que verdade poderemos esperar desta Comissão? Qual seria,por exemplo, o relatório de uma CPI, com todos indicados pelo PT, para apurar o enriquecimento do Palocci? Ou os dólares na cueca do assessor do irmão do Genoíno?

Art. 3 - II -PROMOVER O ESCLARECIMENTO DOS CASOS DE TORTURA, MORTES, DESAPARECIMENTOS FORÇADOS E OCULTAÇÃO DE CADÁVERES ...

Obs - e os atos praticados pela esquerda, como sequestros, justiçamentos, carro-bomba, roubos a cofre e bancos, bomba no Aeroporto de Guararapes, dinheiro recebido de Cuba para financiar a luta armada (Fidel merece uma estátua do tamanho do Cristo pela sua luta em prol da democracia no Brasil), etc, tudo vai ser esquecido? Para onde foi a grana do assalto ao cofre do Adhemar?

Art. 4° VII - PROMOVER ... A RECONSTRUÇÃO DA HISTÓRIA ... BEM COMO COLABORAR PARA QUE SEJA PRESTADA ASSISTÊNCIA ÀS VÍTIMAS DE TAIS VIOLAÇÕES.

Obs - estão criando a "bolsa-ditadura 2". Com depoimentos comprados, a exemplo do Araguaia, não faltarão centenas vendilhões para assinar qualquer depoimento já feito. O atual bolsa-ditadura já consumiu R$ 4 bilhões da Nação.

Art. 4° - III - CONVOCAR PARA ENTREVISTAS ... PESSOAS QUE POSSAM GUARDAR ... RELAÇÃO COM OS FATOS ...

Obs - começou o circo. Vão convocar velhos generais, coronéis e sargentos para submeterem a execração pública.

Art. 4° - § 2° - DETERMINAR A REALIZAÇÃO DE ... DILIGÊNCIAS PARA A COLETA DE ... DOCUMENTOS E DADOS.

Obs - Será o "pé na porta" na casa e apartamentos dos velhos militares. Têm esta Comissão mais poderes que as atuais CPIs.

Art. 4° - § 2° - OS DADOS, DOCUMENTOS E INFORMAÇÕES ... FORNECIDOS À COMISSÃO NÃO PODERÃO SER DIVULGADOS ... A TERCEIROS, CABENDO A SEUS MEMBROS RESGUARDAR SEU SIGILO.

Obs - é a censura, leia-se: qualquer documento, etc., que venha a comprometer um petista graúdo (delações, traições, treinamento de guerrilheiros em Cuba, execuções sumárias, justiçamentos, recebimento de dinheiro de países comunistas, etc), deve ser mantido seu sigilo.

Art. 4° - § 3° - É DEVER DOS MILITARES COLABORAR COM A COMISSÃO DA VERDADE.

Obs - e quem não quiser colaborar , qual a pena? Na prática revoga-se a Lei da Anistia. Vão começar prendendo o Cel Brilhante Ustra.

Art. 11 - A COMISSÃO ... AO FINAL ... DEVE APRESENTAR RELATÓRIO ... CONTENDO OS FATOS EXAMINADOS, AS CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES.

Obs - No relatório constará todos o fatos heróicos de José Dirceu, Genoíno, Franklin Martins, Tarso Genro, Dilma, alguns aloprados, Stédile, Greenhalgh, etc, com a recomendação para o MEC, do Ministro Haddad, fazer constar no currículo escolar do 1° grau, sob o título, a novíssima História Brasileira, os HERÓIS DE ONTEM, HOJE E SEMPRE.

De forma muito mais contundente estarei nos próximos dias divulgando na Câmara a verdadeira história dos mentores desta Comissão, bem como apelando para meus pares para que não joguem no COVIL DAS HIENAS a Instituição Exército Brasileiro, uma das Forças que garantiram nossa democracia no passado.

Atenciosamente

Jair Bolsonaro - Cap EB - Deputado Federal

Tel - 21-7816.3600 / 61-3215.5482

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu