quinta-feira, 7 de maio de 2009

Justiça decide que ex-PM de São Paulo pode incluir seu parceiro em sistema de previdência social

Continência
7/5/2009
Um subtenente reformado da Polícia Militar de São Paulo conseguiu na Justiça o direito de incluir seu parceiro como beneficiário na Caixa Beneficente, espécie de previdência social. De acordo com o jornal"Folha de São Paulo", o PM Antonio Módulo Sobrinho, 68, vinha lutando desde 2006 para que seu companheiro, o ex-detetive particular Guilherme Mallas Filho, 56, fosse aceito no sistema que, pelas regras atuais, só atende mulheres de policiais no caso de morte. Com a decisão, abre-se o precedente para que outros companheiros de policiais gays ou femininas sejam incluídos no benefício. Antonio Sobrinho e Guilherme Mallas Filho estão juntos há cerca de 40 anos.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu