segunda-feira, 20 de abril de 2009

CHINA DOMINARÁ O BRASIL?

O Capimunismo chinês tem tudo para tomar conta da América Latina. O perigo vermelho já se materializa em verdinhas. Os chineses já injetaram US$ 10 bilhões na Petrobras, negociaram um acordo de US$ 12 bilhões com a Venezuela, emprestaram US$ 1 bilhão para o Equador, e deram crédito de US$ 10 bilhões para a quebrada Argentina. O The New York Times de hoje revela o poderio chinês para conquistar o cone sul.No Brasil, o empréstimo de US$ 10 bilhões para a Petrobras é quase o montante que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) emprestou para a companhia petrolífera em 2008 (US$ 11,2 bilhões). No acordo, ficou acertado que o Brasil vai fornecer 100 milhões de barris de óleo por dia neste ano, como adiantamento para a China. Como o Alerta Total já antecipou ontem, mês que vem, Lula viaja para a China para fechar com seu colega Hu Jintau um acordo para que o comércio sino-brasileiro abandone o dólar como moeda e opere só com Reais e Yuans.A China está de olho nos recursos naturais da AL. Os alvos são as commodities. Principalmente, o petróleo. No Brasil, os capimunistas chineses já fecharam acordos de longo prazo para ter acesso a commodities como soja e minério de ferro, como alternativa aos produtos dos EUA. O objetivo deles é entrar pesado também no setor de siderurgia e no controle futuro da cotação dos minérios que compram do Brasil. Releia: Lula arma com chineses moeda comum e negócios que interessam a Eike Batista, mas contrariam a ValeBancada ChinesaOs chineses têm uma estratégia política curiosa para o Brasil.Investirão, por debaixo dos panos, em candidatos que defendam interesses chineses, nas eleições de 2010.Um dos articuladores da bancada chinesa é o deputado federal tucano William Woo (SP).Medo dos chinesesO presidente dos Estados Unidos está apavorado com a velocidade de fazer negócios dos capimunistas chineses.Por isso, Barack Obama pediu uma reunião privada com os dirigentes dos 12 países membros da União das Nações Sul-Americanas (Unasul).O encontro deve acontecer na manhã do próximo sábado, antes do início da 5ª Cúpula das Américas, em Porto of Spain, em Trinidad e Tobago.Nova estratégiaO jornal New York Times adiantou que o "presidente Obama vai visitar a América Latina nesta semana para reassegurar que a região vai ter um papel na política internacional americana."Nós queremos corrigir a impressão dos anos recentes de que a atenção dos Estados Unidos era para outros lugares".Foi o que declarou o assessor especial de Obama para a Cúpula, Jeffrey Davidow.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu