sábado, 10 de dezembro de 2011

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DE DIREITOS HUMANOS


Hoje a Declaração de Direitos Humanos faz aniversário: 63 anos






E de novo não temos nada a comemorar.

A sociedade brasileira faz piada com os direitos humanos.

Tem trocadilho pra qualquer mau gosto: direito dusmanu e dos humanos direitos.

A mídia reproduz a média.

 Nós todos merecemos o que temos.

 Temos juízes envolvidos não apenas com propina e venda de sentenças -- o que por si só já seria um despautério -- mas também em tramas de assassinatos.

Temos duas das polícias que mais matam no mundo inteiro, segundo informes não tão confiáveis, http://www.youtube.com/watch?v=4sX1oOHVcvw 

Temos uma ouvidoria da polícia que se relaciona com o chefe do governo, trocando favores.

Temos promotores que ao invés de defenderem os cidadãos, os criminalizam criminosamente.

Temos uma presidência na advocacia que negocia defensores a serem contratados como se fossem mercadoria. A rádio peão noticia que a Defensoria Pública será vendida, ops! privatizada por uns R$ 350 milhões e o caso envolve um conhecido parlamentar que-diz-que defende policiais.

Temos um prefeito que monta novo império romando, rodeado de coronéis por todos os lados, a exemplo do chefe daquela advocacia.

Temos um governador que se cerca de policiais muito bem pagos para ocultar toda a sujeira.

Temos programas de proteção de direitos humanos perfeitos. No papel.

Temos uma constituição que se vê no país inteiro. Nas prateleiras das livrarias.

Temos faculdades de direito mais numerosas do que simples botecos. Todos de 5ª !

Temos jovens, crianças e adultos que não acreditam em direitos humanos.

Temos vários segmentos, dentro e fora do Estado Brasileiro, alimentando cobras e outros bichos, enxugando gelo e de bobeira igualzinho machonheiro depois de dar um tapa, "só groselha".

Temos uma das maiores forças de segurança do país, no Estado que podia ser o maior e melhor IDH de todo o cone sul e, no entanto, ela é forte para ser antropofágica, mentirosa, cínica, hipócrita e o pior: autofágica. Raros são os que assumem precisar de ajuda e que melhoram.

Temos graduações entre postos e patentes que fazem a escala da dignidade humana ser varrida como poeira e o nível de suportabilidade de abalos emocionais pode ser superado em cada novo episódio de perseguições com as quais alguém sempre "ganha" alguma coisa, nem que seja um tiro na cara. Pode ser também um indiciamento, ou até um escolta ao RG.

Temos os piores comandantes nessa mesma força, desde os canalhas irremediáveis, que deveriam ser devolvidos aos pais e demais parentes para a correção depois de velhos, até os bandidos mais sofisticados, articulados, viajados, condecorados e sobretudo endinheirados. Há aqueles que são apaixonados por si mesmos e sabemos, narciso acha feio tudo que não é espelho. Eles são os tais e podem até mesmo enxovalhar o nome de quem está morto, porque (suprema covardia) não pode mais se defender. Somente a consciência virá (disso não tenho dúvida) na hora fatal.

Temos  o maior contingente de advogados do país. Todos preocupadíssimos com itens de primeira necessidade como tudo que é eletronico, brilha, toca, vibra e anda. Carros, são apenas um deles.

Temos também os que, apesar de terem capacitação técnica, se enfiam nos gabinetes, a tramar a desgraça e o infortúnio alheios, mediante paga.

Temos os que só se indignam atrás de uma mesa de bar, entornando uísque ou se encharcando de cerveja e ainda os que ficam horas na internete, atrás de pseudônimos que mostram bem o tamanho de sua valentia. Depois que levantam do assento (qualquer que seja) eles não produzem muito mais. Dos que são advogados, poucos sabem redigir um texto simples, dos que são rábulas e pretendem ser advogados só porque tem um diploma de bacharel em ciências jurídicas, demoram o dobro do tempo. Para ler aquele texto simples.

Temos uma sociedade que além de ignorante, é cruel, pq criminaliza quem protege.

Logo, teremos a inversão total da pirâmide social e a narcocracia substituirá a democracia.

Traduzindo: em breve tempo, não vamos mais encontrar pessoas dispostas a fazer o que é certo.

Porque elas pagam com a própria vida, tamanha audácia!

Por isso, nesse aniversário, quero agradecer a esse bravo soldado, um dos cento e trinta de 31!


Sandra Paulino e Silva


 INTEGRE ESSE MOVIMENTO!

O Sd Nascimento tinha amor pela carreira e adorava ser policial militar.

Em 2006, infelizmente, conheceu o lado mais triste dela: as fantasia de pm!

Os malditos estavam roubando carga no Embu e foram presos.

Ele foi o condutor.

A partir de então, nunca mais teve sossego, até ser assassinado, em 04 de setembro.

O Estado, através de maus agentes, inúteis, sempre interessados em grana, poder, bico, guangues, máfias, caça-níqueis, liberações de veículso irregulares, puxasaquismo, desvios dos mais diversos matizes, PERMITIU E INCENTIVOU SUA MORTE.

Agora, resta àqueles que tem vergonha na cara, ajudar a lutar, para que averdade venha à tona, para que o inquérito policial 001/11 da Delegacia Seccional de Osasco, onde o Ten Cel PM HENRIQUE DIAS é averiguado, tenha bom termo, com provas capazes de promover seu indiciamento, a fim por bem ou por malde que fique comprovado que -- no mínimo -- queria a saída do soldado da corporação "por bem ou por mal" conforme o próprio policial contou no CONDEPE.

Aliás, o Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, recebeu pedido de movimentação para outra unidade, fora do CPA/M-8 e também as denúncias sobre grupos de extermínio que tanto a Secretaria de Segurança Pública como o Governo do Estado negam existir dentro da corporação.

Nem se sabe por quê o cartaz onde o comando adverte o policial a "pensar" antes de fazer bobagem... o que já é vergonhoso.

Esse é o saldo do dia de mais um aniversário daquela declaração que o Brasil se conta na lista dos signatários. E só assina. Mais nada.

A vc, meu caro Soldado, nossa homenagem hoje:

Há muitos feridos...

Choram de angústia e de dor

Clamam por proteção e por paz...

Amigos que choram

Sua necessidade atende hoje

Não deixes um soldado ferido morrer...
Verta o bálsamo...

E a ferida sarará...

Protege-o com teu manto de amor...

O pão partiremos sim

Descanso lhes dará

E toda angústia sairá

Não deixes fiéis soldados feridos morrer
Seguindo sua ordem

Lutaram na frente para o Rei

E o forte inimigo puderam vencer...

Mas por este esforço satã intentou suas vidas matar

Não deixes um soldado ferido morrer...
Verta o bálsamo...

E a ferida sarará...

Protege-o com o teu manto de amor...

O pão partiremos sim

Descanso lhes dará

E toda angústia sairá

Não deixes fiéis soldados feridos morrer

Não podes olhar sem socorrer

O amor é mais forte, e faz viver

Não podes deixar um soldado ferido morrer

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu