sábado, 17 de setembro de 2011

POSTAGEM ANTIGA, RECADO ATUAL.

Faz uns três anos, no tempo em que eu me acostumava a redigir minhas idéias em blog, falei da falta de caráter e dos que se vendem ao "podre poder". No blog, muito pouco opinava, antes postava o que alguns amigos me pediam, outros, descobri em atitudes, nem amigos eram mas apenas oportunistas como um advogado, velha ave de rapina que sem coragem de dizer ao D'Urso que um projeto tinha sido USURPADO, preferiu frequentar, como faz até hoje, o blog pela via do anonimato. Postei um desabafo do Maj Frederico onde ele esbraveja contra as forças políticas oficiais, o Movimento de DH e alguns nomes por algumas razões obviamente pessoais. Contudo, na raridade que eram meus próprios comentários, sem nunca julgar meus interlocutores ou colaboradores, pq entendo que cda um tem direito de opinião próprio, falei do que chamo de venais e hipócritas. Vale a transcrição tão atual, como homenagem ao Sd NASCIMENTO, cuja vida, tão jovem, foi ceifada por esse mesmo astuto podre poder. Sandra Paulino e Silva


Eu deixo bem frisado o que ele refere como nunca se vender por conveniência, seguindo seus princípios. Será que todos os que cuidam da segurança pública podem dizer o mesmo? E os "esquemas de caça-níqueis e vídeo-poquer"? Os "bicos" de segurança particular que a Corregedoria finge que não vê? Os cala-boca que incluem até algum energético fatal? . Tudo isso em nome de uma pseudo-honra que mais parece um trapo velho e que não suporta um olhar mais detido diante do espelho, quando cai, diante de cada consciência, a máscara do crime? Que vergonha! não só se vendem por conveniência, mas como se estivessem na lojinha de conveniência, bem barato... quase R$ 1,99! Muito ants de irem para a reserva, já estão em manobras de bajulação para conseguir um "empreguinho", nem que seja comandando algum fantoche militar em municípios cuja força uniformizada só serve mesmo pra extorquir e bater em p...p... e p... E ficam ali, iguais a urubús, rodeando a carniça, querendo um naco do podre-poder. E como sabem usar o podre-poder...







quinta-feira, 27 de novembro de 2008

HOMENS TÊM QUE TER CORAGEM!


Amigos,

Raramente faço comentários aos artigos e postagens de terceiros, apenas os reproduzo como forma de atualizar as notícias que julgo mais importantes para o foco do blog.

Esse desabafo de um Major do EB, porém, cai como luva a outros militares e minha análise é dedicada particularmente a estes.

Diz ele, no que se pode chamar de crônica, para não frisar o amargor do desabafo, que "homens têm que ter coragem".

E diz também, com uma crueza incontestável:

"Nunca me vendi e nunca me venderei por conveniência, sigo meus princípios. Olho nos olhos das pessoas com que falo. Minha única fortuna é o meu caráter. Minha vida é minha família. Desta vida só levamos a família e os amigos. De toda a vida, apenas aqueles que estiverem ao redor de seu túmulo no dia do seu funeral é que valeram a pena, o resto foi o resto!

Eu deixo bem frisado o que ele refere como nunca se vender por conveniência, seguindo seus princípios. Será que todos os que cuidam da segurança pública podem dizer o mesmo? E os "esquemas de caça-níqueis e vídeo-poquer"? Os "bicos" de segurança particular que a Corregedoria finge que não vê? Os cala-boca que incluem até algum energético fatal? . Tudo isso em nome de uma pseudo-honra que mais parece um trapo velho e que não suporta um olhar mais detido diante do espelho, quando cai, diante de cada consciência, a máscara do crime? Que vergonha! não só se vendem por conveniência, mas como se estivessem na lojinha de conveniência, bem barato... quase R$ 1,99! Muito ants de irem para a reserva, já estão em manobras de bajulação para conseguir um "empreguinho", nem que seja comandando algum fantoche militar em municípios cuja força uniformizada só serve mesmo pra extorquir e bater em p...p... e p... E ficam ali, iguais a urubús, rodeando a carniça, querendo um naco do podre-poder. E como sabem usar o podre-poder...

Também preciso destacar o ato de "olhar nos olhos das pessoas". Será que um desses que enchem o bolso com o vil e nojento dinheiro sujo, saído de esgotos do submundo do crime e da desgraça humana, tem coragem de "olhar nos olhos" de alguém?

É fantástico quando esse militar refere que sua "única fortuna" é o seu "caráter", porque as pessoas ultimamente perderam a noção do que seja CARÁTER!

Como expressar a admiração por alguém que tem coragem de admitir de público: "minha vida é minha família"? quando tantos estão por aí de braços com amantes ou mulheres e homens "de programa" onde a única diferença é o michê cobrado?

E ainda inclui "os amigos"! Diz que em volta da sepultura é que se verá o que de fato valeu a pena! Sim... quanta verdade!

Para os homens e mulheres de vergonha na cara, de coragem, de brio, de ética e moral, tudo isso é verdade. E SEMPRE terá valido a pena lutar por esses ideais, porque, por mais que se cubram de ouro e pedras preciosas, esses vermes que não conhecem tais conceitos, estarão sempre no seu "habitat".

Boa leitura!

Sandra Paulino

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu