terça-feira, 23 de agosto de 2011

SARGENTO DO CORPO DE BOMBEIROS MORRE DEBAIXO DE VIOLÊNCIA URBANA.

Pergunto: será que foi mesmo violência urbana? Sei lá... não dá para se confiar em informação simplesmente do jeito que sai na TV. Outro dia foi um sargento também do Corpo de Bombeiros, que saía de um plantão de 24 horas na corporação e foi alvejado por cinco tiros pelas costas... assim... do nada... e até o motoqueiro que foi dar auxílio levou chumbo, só que não foi atingido, felizmente. Interessante... o sargento sobreviveu, embora com variadas e seriíssimas lesões e eu sou a patrona dos dois mandados de segurança que impetrei em favor de seus direitos. Vou pedir autorização para publicar, mas um deles, já se sabe, FOI EXTINTO pela Fazenda Pública e está com prazo de recurso aberto. Ali estava bem expresso o seu direito à movimentação para um outro setor, diferente de onde ele trabalhava, que é área de engenharia civil, já que ele estava cursando o terceiro ano dessa carreira. Jovem, bem casado, pai de dois filhos, rodando de Tucson porque o finado sogro, em vida, fez testamento nesse sentido, enfim, um sujeito muito feliz, casado com outra sargento. Quem será que ele incomodou? o que será que fez de tão sério? peitou alguma autoridade que não gostou de ser cobrada ou será que a movimentação a que ele tinha direito, foi anulada irregularmente e por isso, MAIS FÁCIL , seria culpar a "violência urbana"? Vamos investigar... aliás, eu já estou. Sandra Paulino e Silva


.publicado em 17/08/2011 às 06h36: atualizado em: 17/08/2011 às 10h27Texto: .Bombeiro morre após reagir a


tentativa de assalto na zona sul

Ele estava com os dois filhos no carro quando foi abordado por bandidos e reagiu com tiros



Da Agência Record...

...

Helio Torchi/AE

Militar trocou tiro com os assaltantes e feriu um deles

.

.Publicidade

..O sargento do Corpo de Bombeiros Renato Leite Barbosa, de 37 anos, morreu depois de ser baleado no peito durante troca de tiros com assaltantes na rua das Grumixamas, região do Jabaquara, na zona sul de São Paulo, por volta das 20h desta terça-feira (16).



Segundo a Polícia Militar, o bombeiro estava dentro de seu veículo Volkswagen Fox, acompanhado dos dois filhos depois de comprar uma pizza quando foi abordado por dois homens, que ocupavam um veículo Linea. O alvo dos criminosos era o carro do policial.



Depois de uma troca de tiros, um dos bandidos e o militar foram baleados. Os dois foram encaminhados ao pronto-socorro Sabóia, mas o sargento não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o criminoso continuava internado nesta quarta-feira (17).



Os policiais disseram que o segundo assaltante também saiu ferido com um tiro na mão. Ele deu entrada no mesmo pronto-socorro e foi preso.



A ocorrência foi apresentada ao 27º Distrito Policial, no Campo Belo.



Assista ao vídeono link abaixo:


Nenhum comentário:

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu