segunda-feira, 17 de maio de 2010

MENTIRA & ARROGÃNCIA

Se há uma coisa que me dá náuseas é mentira e ainda com cobertura de arrogância. Que troço indigesto! conta logo a verdade... diz que é arrogante, que a-do-ra "aparecer" e que por isso mesmo só quer "pegação" contra coronel... que promete e costuma cumprir perseguições de inúmeros desafetos e inimigos e que seu melhor amigo do tempo em que ainda estava na Justiça Militar tem histórico de perseguidor e assassino!
Sandra Paulino
Punição deveria ser exemplar, diz promotora
DA REPORTAGEM LOCAL
A promotora de Justiça Eliana Passareli diz que não vê preconceito por parte da corporação, mas uma violência generalizada na tropa. Isso, para ela, é fruto de falta de uma comando correto e uma maior ação da Justiça Militar.
FOLHA – A polícia está mais truculenta?ELIANE PASSARELI - Está muito despreparada. Acho que eles estão extrapolando por falta de comando. Não precisa ser repressivo. Mas um bom comando faz um bom policial. O que está acontecendo com a PM é obra de péssimos comandantes, corporativismo, e falta de providências da Justiça Militar.A Justiça Militar é tolerante com todos os desmandos que acontecem. Se fossem punidos os comandantes de forma exemplar, os PMs que fazem um monte de barbaridade na rua, não fariam. Eles têm sempre a sensação de impunidade graças à Justiça Militar.
FOLHA – A polícia é preconceituosa com os motoboys?PASSARELI - Eles pegaram a mim. Apanhei dentro de um distrito policial e ninguém fez nada. Tive uma lesão grave.Três anos de apuração para o colega promotor arquivar. Um verdadeiro corporativismo. Tinha ido fazer um boletim de roubo, parei o carro numa vaga da PM, fui chamada de puta, me pegou pelo braço, disse que eu estava presa por desacato, me deu uma rasteira. Tive uma torção no joelho e trinquei 6 dentes. Sabiam quem eu era.
FOLHA – Se fosse outra pessoa?PASSARELI - Teria morrido.
FOLHA – Vê violência generalizada?PASSARELI - A abordagem está um tanto quanto equivocada.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

A PM DEFENDE OS PM?

Quem sou eu